Conecte-se agora
acesse NATALCUNHA

TURISMO

TURISMO: MTur promove geração de R$ 7 milhões em negócios para agricultura familiar

Publicado

em

Queijos estiveram entre os produtos comercializados no Mercado da Agricultura Familiar do estande do MTur. Foto: Divulgação MTur

O texto que segue é uma reprodução de material publicado, cuja fonte é o Ministério do Turismo, e que aborda a importância da agricultura familiar como importante e atual prática para a manutenção da qualidade de muitos alimentos e, ao mesmo tempo, contribuindo para a geração de renda para as famílias, promovendo o turismo nas regiões onde a agricultura familiar se acentua, inclusive, como atrativo do turismo gastronômico. Vamos ao texto original, extraído do site da ABAV.

“Um mercado de produtos regionais e de promoção do turismo rural foi um dos destaques do estande do Ministério do Turismo na maior feira nacional de turismo, a ABAV Expo, encerrada na sexta-feira (28) em São Paulo. As dez cooperativas e associações que participaram do Mercado da Agricultura Familiar representando as cinco macrorregiões brasileiras movimentaram – entre vendas diretas, negócios fechados e futuros – mais de R$ 7,3 milhões. Entre os produtos comercializados, estiveram chocolates, queijos, vinhos, mel e cafés orgânicos, uma amostra de que a indústria do Turismo envolve, valoriza e gera impacto econômico em uma ampla variedade de pequenos negócios no Brasil.
“O mercado foi uma vitrine para o turismo rural e novos negócios se abriram para nossos cooperados”, destacou Luiz Freitas, consultor da Cooperativa Mista de Paraguaçu (MG), que tem 90% dos sócios dedicados ao cultivo e produção de café. Segundo Freitas, a procura pelos produtos da agricultura familiar surpreendeu os expositores que participaram de uma feira de turismo pela primeira vez. Entre os parceiros comerciais de negócios futuros da cooperativa, estimados em R$ 1 milhão, estão hotéis e resorts que pretendem investir na compra de cafés especiais para os hóspedes. “Vamos apostar em torras diferenciadas para café expresso e coado para atendermos essa nova clientela”, disse.
O espaço foi criado em parceria pelo Ministério do Turismo e a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (SEAD), fruto de um acordo de cooperação técnica assinado em junho para promover ações de comercialização e promoção de produtos e serviços da agricultura familiar no setor de Viagens.
Para o ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, o resultado comprova a estreita relação da agricultura familiar com a atividade turística. “O turismo impacta direta e indiretamente 52 atividades econômicas que são a base do desenvolvimento do setor. Quando um turista viaja, o consumo dele extrapola o próprio setor de Viagens e reverbera em uma ampla variedade de pequenos negócios no Brasil. O resultado mostra que o turismo é um setor inclusivo, traz para perto de si outros setores importantes que também têm ganhos significativos quando incrementamos nossos atributos turísticos”, avaliou o ministro. Segundo ele, a transformação do turismo em grande negócio nacional promove o desenvolvimento rural sustentável por meio da inclusão de comunidades produtivas, o que ajuda o país a recuperar a capacidade de gerar emprego e renda.
A agricultura familiar reúne aproximadamente 40 milhões de produtores no país, que representam 84% dos estabelecimentos rurais e são responsáveis por 70% dos alimentos que chegam à mesa dos brasileiros. Atualmente, o Brasil é o 8º maior produtor do mundo no cultivo de alimentos oriundos da agricultura familiar.
De acordo com pesquisa do Ministério do Turismo, a culinária do Brasil recebeu avaliação positiva de 95,7% dos turistas estrangeiros e os restaurantes foram aprovados por 96,4%, confirmando a gastronomia como um importante ativo do turismo nacional. Grande parte do diferencial está nos produtos e temperos regionais, tipicamente brasileiros.
ESTANDE MTUR – O estande do Ministério do Turismo, com 1,6 mil metros quadrados, também recebeu 24 eventos no seu “Espaço Experiencial”, palco de debates, palestras e apresentações dos destinos e atividades culturais na feira. Além disso, outro atrativo dos mais disputados pelos visitantes do estande da Pasta foi a Cozinha Show. A arena gastronômica contou com público de 420 pessoas em nove apresentações de receitas tradicionais e inovadoras da cozinha brasileira, além de degustação de pratos regionais – elaborados por chefs renomados – com produtos da agricultura familiar.
“Nossa participação na 46ª edição da Abav foi um marco para a promoção dos destinos, divulgação das nossas políticas e programas voltados para o turismo doméstico e para o mercado da economia criativa, que se expande junto com o crescimento da atividade turística nos diferentes destinos brasileiros”, disse Bob Santos, secretário Nacional de Qualificação e Promoção do Turismo do MTur.
Durante o evento, o Ministério do Turismo também realizou uma série de entrevistas com representantes de diversos segmentos do turismo. O conteúdo foi transmitido ao vivo através das mídias sociais da Pasta. O material produzido no estúdio montado no estande do MTur está disponível no perfil da Pasta no Facebook e no canal do YouTube.
A FEIRA – De acordo com a organização da Abav Expo Internacional, os números consolidados da feira só serão conhecidos na próxima semana. Mas os resultados parciais do evento realizado entre os dias 26 e 28 de setembro no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo, são animadores para o mercado de viagens e a indústria do turismo. A estimativa é que os negócios realizados durante os três dias da exposição tenham ultrapassado a marca dos R$ 109 milhões. Foram registrados 23.366 visitantes, um aumento de 15,77% em relação à edição de 2017.
A Vila do Saber, espaço onde aconteceram 75 palestras para troca de conhecimento e capacitação, reuniu 3.283 congressistas. As marcas expositoras somaram 1.183 estandes, com 7% de aumento no número de expositores em relação ao ano passado. Já as rodadas de negócios envolveram 124 empresas, que agendaram 918 reuniões. A cobertura do evento contou com a presença de 853 profissionais de imprensa. “Os números são extremamente positivos e refletem o aquecimento do turismo”, comemorou Geraldo Rocha, presidente da ABAV Nacional. Fonte: Ministério do Turismo”

Jornalista, Publicitário, Bacharel em Comunicação Social pela Universidade de Taubaté. Radialista com passagens pelas emissoras Globo e Capital 1040-AM de São Paulo, TV Setorial (Pindamonhangaba), Rede Difusora de Rádio, Rede Bandeirantes de Rádio. Escritor, autor de "Mergulho, uma proposta de ajuda" (Editora Ave Maria-SP) Produtor artístico, coordenador de eventos. Diretor proprietário da empresa Marcos Ivan de Carvalho ME Diretor do site www.canal39.com.br e da web radio www.radiocanal39.online

TURISMO

ECONOMIA: Guedes anuncia ajustes no SISTEMA “S” que envolve ações em Turismo

Publicado

em

(Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Em evento acontecido na segunda-feira (17), no Rio de Janeiro, o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes anunciou medidas no sentido de promover a adequação dos recursos disponibilizados ao chamado Sistema “S”, que incorpora Senai, Sesc, Senac e Sesi, principalmente.

Não descartando a importância do Sistema S para o ensino e a profissionalização, Guedes vê a necessidade de um aparente sacrifício, haja vista essas entidades não serem governamentais e receberem repasses do Estado para as atividades mantidas pelo Sistema S .

Especificamente no trade turístico havia uma divergência sobre qual personalidade jurídica teria direito ao recebimento dessas verbas de repasse. Por uma lado, a CNC – Confederação Nacional do Comércio, reivindica a representatividade dos setores turísticos (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC)) e busca manter a arrecadação de parte do montante distribuído para o Sesc e o Senac.

Com a definição do STF a respeito da legitimidade da CNTUR – Confederação Nacional do Turismo, como única entidade patronal sindical de 3º grau representante do Setor de Turismo no Brasil, já existe o planejamento dessa confederação para a criação do seu próprio Sistema S, com o SENATur (Serviço Nacional de Aprendizagem em Turismo) e o SESTur (Serviço Social do Turismo). Segundo comentários, a proposta é de promover a real visibilidade na aplicação dos recursos repassados para os “S”.

A disputa continua, por parte da CNC, que entrou com recurso contra a decisão do STF, mas, conforme dizem os especialistas, “já são favas contadas” e a CNTUR deverá, justamente, permanecer com o reconhecimento do STF.

Logicamente, com isso se consolidando, e com o anunciado corte de repasses para ajuste da economia brasileira, num todo, as duas Confederações terão repasses menores. A CNC deverá continuar com a representatividade do Comércio e a CNTUR de todo o trade turístico, englobando sindicatos de empresas de turismo, meios de hospedagem, gastronomia, hotéis, bares, restaurantes, promotoras de lazer e entretenimento, clubes esportivos, etc.

Paulo Guedes pretende horizontalizar os impostos, acabar com isenções e subsídios, cortando verbas do Sistema S, entre 30% e 50%. “É contribuição. Como vamos pedir o sacrifício do outro sem dar o nosso?”, destacou.

Durante sua fala, Guedes mandou um recado à classe política: “Venham aqui e assumam a responsabilidade e o protagonismo”, destacando que a era do comodismo está no fim, comparando a situação com a nobreza francesa. “Uma classe que só tem privilégios e não tem atribuições está enfraquecida. Eles já sabem que não tem mais o toma lá dá cá e vão ter que se reinventar”, disse e ressaltou a força dos meios de comunicação por conta da tecnologia, afirmando ainda que “está parecido com a nobreza francesa, mas a guilhotina aqui é midiática, cada hora cai em um pescoço”.

Para a Firjan – Federação das Indústrias do Rio de Janeiro, segundo nota publicada, as ações saneadoras são importantes, mas é preciso a classe empresarial ser ouvida pelo governo.

(Texto: Marcos Ivan, MTB36001)

Continue Lendo

CULTURA

SUGESTÃO39: Fim de Ano Especial em Cunha é imperdível

Publicado

em

Descobrir não estarmos ficando velhos é a receita mais fácil de ser utilizada para, realmente, não nos sentirmos arcados pelo peso da idade

Aliás, minha amiga Ana Luna, vocalista do grupo Menospausa, de SP, sempre dizia ser importante “botarmos vida em nossa idade e não idade em nossa vida”…

Vai daí, vale a pena preparar um tempo de mais conforto para as alegrias plenas de saída de ano e chegada de ano.

Não tem essa de dizer que perdeu o encantamento celebrar um tempo novo e o final do tempo velho. Um só existirá se o outro deixar de existir e isso é inevitável! Cada porção de 12 meses, a contar de 01 janeiro, se transforma em história vista, vivida, contada e cantada após o 31 de dezembro da mesma porção.

Então, por isso e por tudo, não há desculpa nenhuma de você não juntar família e amigos, ou mesmo aparentemente só, pegar uma condução e subir até Cunha, a aprazível Estância Climática que tem o dom de ser criativa o tempo todo. Eita povo “bão” de criar eventos! A cidade é festa, de janeiro a dezembro.

Prova disso é o Fim de Ano Especial, idealizado para acontecer no palco de quase todos muitos eventos da simpática Cunha: a Praça da Matriz.

A Secretaria de Cultura e Turismo anuncia para as duas últimas semanas do ano, esse “Fim de Ano Especial”, embalado por música boa, de diversos estilos. Vejam:

DIA 22 DE DEZEMBRO – Valorizando as tradições e contemplando a todos quantos, de uma forma ou de outra dão sua contribuição para a música de banda existir na cidade, a União Cunhense abre a programação em grande estilo. A União é a “jóia” da cidade e tem um repertório de muito bom gosto. Metais na praça, logo de cara!

DIA 23 – A música instrumental clássica tem seu momento solene com o Quarteto Prestíssimo, formado por profissionais de altíssima competência e acurada sensibilidade musical, com passagem por formações orquestrais como o Projeto de Educação Musical do Santuário de Aparecida, o que já é uma esplêndida referência. O público poderá apreciar peças executadas com talento e bom gosto.

DIA 28 – Experimentem juntar, no mesmo palco, 3 talentosos rapazes, cada um em sua praia de roqueiro, tocando o melhor do pop rock! Cunha vai curtir os carinhas de Lorena que juntaram baixo, batera, guitarra (e voz) para aspergirem, nos ares serranos, a musicalidade da Água de Mina, banda que faz a trilha sonora do terceiro dia de shows de final de ano.

DIA 29 – Logicamente, a nossa MPB não ficaria de fora! Ela chega com um pessoal bem animado e preparado, conhecedor dos caminhos e canções exatos para fazer Cunha cantar as mais apreciadas páginas do cancioneiro nacional. Peleco e Banda pegam estrada e aportam na Praça da Matriz no dia 29, fazendo um “pré-esquenta” para a virada de tempo em busca de tempos novos.

DIA 30 – Se por um lado a MPB foi contemplada pela organização, nada mais justo e indispensável, também, a presença de muito Samba e Pagode. Logicamente, quando os artistas são daqueles que trazem o ritmo no sangue, o público “leva” no gogó o que o cardápio do grupo apresenta. Isso vai ser comprovado com a presença do Batuke Geral, um dos bons grupos que movimentam a cena do Samba e Pagode pela Região. Com grande sucesso, necessário se faz destacar! Aí, quando 2018 já começa a juntar os panos, fazer as malas e começar as despedidas, precisa ter música boa para o “bota fora”. André Moraes soma, com o Batuke Geral, o elenco do dia 30, em Cunha. O Fim de Ano Especial vai ter, com toda certeza, o espaço nobre para a música Sertaneja. André Moraes dá conta do recado e mostra, pra todo mundo, porque é uma das gratas presenças no cenário musical escolhido.

DIA 31 – Clima de baile na Praça da Matriz! Isso mesmo, Réveillon popular, de boa qualidade, com uma consagrada banda, bastante requisitada para grandes eventos nos quais a música se faz indispensável. O Réveillon em Cunha vai ser de graça, no chamado “zero oitocentos”, “na faixa”, com a Vitrine Mais Banda Show.

O ano velho pode até não gostar muito de ir embora, mas vai ao som de boa música, a mesma que vai anunciar 2019 como o melhor ano ainda não vivido por todos os brasileiros.

De quebra

Para quem pensa que só música não enche barriga, ou para quem gosta de apreciar o que é bom, saboreando o que é bom, vai funcionar, no local do evento, uma bem montada Praça de Alimentação com a tradicional culinária cunhense. Aposto que não vai faltar por lá a porção de pinhão com linguiça calabresa e rodelas de cebola. Só para fazer água na boca.

Fim de Ano Especial? Cunha tem e garante espaço para quem quiser aproveitar.

Visite o site da Cunhatur e conheça as opções de hospedagem, alimentação e passeios. Sim, pois durante o dia Cunha continua a ser festa de quem gosta de praticar o bom exercício de comprovar seu bom gosto, apreciando natureza e o melhor do artesanato regional e, depois dos shows, descansar o descanso merecido!

Dicas: Visite o Mercado de Cunha (tem uma lojinha de muitas cachaças!); a Igreja Matriz (em fase de restauração); a Casa do Artesão (com muita coisa para presentear). No sábado, tem Roda de Viola na Praça ao lado da Igreja do Rosário.

Fim de Ano Especial. Cunha, de braços abertos para todos!

FOTOS: Divulgação.

TEXTO: Marcos Ivan, MTb36001 – Canal39.

Continue Lendo

SR-CRUZEIRO

NATAL: “Cruzeiro em Festa” movimenta Praça 9 de Julho

Publicado

em

(Fotos: Divulgação / Prefeitura Municipal de Cruzeiro)

Desde o dia 06 de dezembro a cidade de Cruzeiro, (agora MIT – Município de Interesse Turístico), na Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte, vive a segunda edição do projeto “Cruzeiro em Festa”, comemorando o Natal.

Realizado pela Prefeitura Municipal em parceria com a Associação Comercial de Cruzeiro, a programação natalina teve início com a chegada do Papai Noel e a inauguração da decoração especial, com muita luz e brilho, na Praça 9 de Julho. O evento também contou com apresentações artísticas e musicais. Durante o período de Natal funcinarão praça de alimentação, brinquedos, além de sorteios de brindes, até o dia 23 de dezembro.

Essa ação conta com o apoio do Clube de Dirigentes Lojistas, Grupo de Expansão Industrial e Comercial de Cruzeiro e Associação das Indústrias da cidade e região.

VEJA, ABAIXO, A COLEÇÃO DE SLIDES:

 

Continue Lendo

Em Alta

Hospedado por ServerPro