Conecte-se agora
acesse capivara

SR-GUARÁ

TURISMO E CULTURA: Em Aparecida Arraiá de São João divulga programação 2018

Publicado

em

(Foto: Thiago Leon)

Evento beneficia dez instituições sociais de Aparecida e região e celebra os santos juninos   (Por Victor Hugo Barros)

Bandeirinhas, quadrilhas, comidas típicas, shows e muita diversão são a fórmula de sucesso do Arraiá de São João. Em sua 13ª edição, a tradicional festa junina do Santuário Nacional acontece no Pátio das Palmeiras da Basílica durante dois fins de semana, nos dias 8, 9 e 10 e 15, 16 e 17 de junho. Além de celebrar os santos juninos, o evento beneficia dez entidades de Aparecida e região, que recebem o valor arrecadado ao longo dos seis dias de comemorações.

Neste ano, serão beneficiadas a APAE de Aparecida, o Lar São Vicente de Paulo, a Santa Casa de Aparecida, a Casa do Pequeno, o Lar Nossa Senhora Aparecida, a Casa da Infância, o Centro Educacional São Canísio, o Fundo Social e os Centros de Assistência Social Santíssimo Redentor e São Geraldo.

Nas sextas e sábados, os portões serão abertos às 19h. Já aos domingos, a programação começa às 8h30 se encerrando às 17h. Logo após, os portões serão reabertos às 19h para a programação noturna.

Já tradicional na cidade, o Arraiá atrai moradores do Vale do Paraíba e peregrinos presentes no Santuário. Em um ambiente familiar, é possível apreciar as comidas típicas do período na praça de alimentação. Ali também se apresentam cantores regionais e diversos grupos de quadrilhas juninas.

01 – Banda 8 Segundos; 02 – Mariângela Zan; 03- Flávio de Paula & Isaías; 04 – Cleber & Cauan; 05 – Daniel; 06 – Circuladô de Fulô. (Fotos: Divulgação / Google Search)

Os shows acontecem na Tribuna Dom Aloísio Lorscheider , principal palco da festa. Neste ano, a Banda 8 Segundos vai abrir as comemorações na sexta-feira (8). No dia 9, o comando do palco ficará por conta da cantora Mariângela Zan e seus convidados. Encerrando o primeiro fim de semana do evento, a programação do dia 10 se inicia pela manhã com o programa Terra da Padroeira, com entrada franca. Já durante a noite, a dupla Cleber & Cauan animam o público.

No segundo fim de semana de festa, a dupla Flávio de Paula & Isaías retoma as comemorações na noite do dia 15 de junho. A programação continua no dia 16 com o show do grupo Circuladô de Fulô. O último dia do Arraiá, 17, contará mais uma vez com a participação do Programa Terra da Padroeira durante a manhã. O encerramento noturno acontece com um show do cantor Daniel.

Toda a mão de obra da festa é voluntária e movimenta colaboradores das entidades beneficiadas e doSantuário Nacional. Durante a festa, eles doam parte do seu tempo em prol do próximo.

O ingresso custa R$ 5,00 por noite, durante os cinco primeiros dias de festa. Aos domingos, das 08h às 17h, a entrada é gratuita. Apenas no último dia do evento os portões da manhã serão fechados mais cedo, às 14h30, por conta do jogo do Brasil na Copa. Neste mesmo dia, durante a noite, o acesso será reaberto às 19h e o ingresso terá o valor de R$ 10,00 para o show do cantor Daniel.

Jornalista, Publicitário, Bacharel em Comunicação Social pela Universidade de Taubaté. Radialista com passagens pelas emissoras Globo e Capital 1040-AM de São Paulo, TV Setorial (Pindamonhangaba), Rede Difusora de Rádio, Rede Bandeirantes de Rádio. Escritor, autor de "Mergulho, uma proposta de ajuda" (Editora Ave Maria-SP) Produtor artístico, coordenador de eventos. Diretor proprietário da empresa Marcos Ivan de Carvalho ME Diretor do site www.canal39.com.br e da web radio www.radiocanal39.online

SR-GUARÁ

ELEIÇÕES: Jornalista Joyce Ribeiro será mediadora do Debate de Aparecida

Publicado

em

(Foto: Divulgação / TV Aparecida)

Evento promovido pela CNBB e organizado pela TV Aparecida reunirá candidatos à Presidência

Para comandar o debate entre os candidatos à Presidência da República para as Eleições 2018, a TV Aparecida convidou a experiente e competente jornalista Joyce Ribeiro. Promovido pela CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) e realizado pelo Santuário Nacional , o programa vai ao ar na TV Aparecida, Rádio Aparecida e Portal A12.com, no dia 20 de setembro, às 21h30. A transmissão, ao vivo, do “Debate de Aparecida”, direto do Santuário Nacional, na cidade de Aparecida-SP, será acompanhada por demais emissoras de inspiração católica no país e pela TV Cultura.

“É a primeira vez que participo de um debate como mediadora e estou muito feliz com a missão e o desafio.  As pessoas estão, cada vez mais, interessadas em se aprofundar sobre o nosso cenário político, por conta de tudo o que temos vivido. Com a eleição batendo a porta, o eleitor entendeu que o poder está em nossas mãos, que mudar depende de cada um e o voto é o começo do processo de transformação. O debate é importante e peça fundamental, pois tem a função de esclarecer para população o que cada candidato oferece para essa mudança”, avalia Joyce Ribeiro.

A jornalista foi gentilmente cedida para participação no debate político pela TV Cultura, onde atua como principal âncora de um telejornalismo da casa. Sobre a liberação, a jornalista explica que tudo partiu da parceria entre a CNBB, a Rede Aparecida e o canal público, que também irá transmitir simultaneamente o Debate de Aparecida: “Faremos um trabalho em conjunto. Desde o início, o convite foi muito bem recebido pela direção da TV Cultura. Estamos unindo forças para levar o melhor debate aos eleitores”.

Dividido em cinco blocos, o “Debate de Aparecida” com candidatos à Presidência da República, em primeiro turno, tem previsão de duração de 2 horas. Joyce Ribeiro terá o papel de orientar, mediar e fazer valer as regras estipuladas dentro do formato do programa. Algumas perguntas apresentadas aos políticos serão sorteadas, outras feitas por bispos da CNBB e jornalistas previamente escolhidos, e algumas entre os próprios candidatos. Réplicas e tréplicas serão permitidas em alguns momentos.

Para Joyce, o principal intuito do Debate, com transmissão da Rede Aparecida, mídias católicas e TV Cultura, é esclarecer as dúvidas dos eleitores: “O formato atual dos debates já vem muito específico e moldado para que todos os candidatos presentes tenham garantido seu tempo de exposição de ideias e propostas. Faremos todo o necessário para que isso ocorra da melhor maneira. Todos serão respeitados dentro das suas particularidades”.

O Debate

A Rede Aparecida de Comunicação (Rádio e TV Aparecida e Portal A12.com) vai sediar o encontro dos políticos, com transmissão simultânea pelas emissoras de rádio e televisão católicas, além de portais de internet. A TV Cultura também irá transmitir, simultaneamente, o debate com imagens geradas pela TV Aparecida.

É a segunda vez que a TV Aparecida, a pedido da CNBB, organiza e transmite um debate de presidenciáveis. No pleito eleitoral de 2014, a emissora também promoveu o evento, abrindo aos políticos a possibilidade de apresentarem suas ideias.

Jornalistas de veículos de comunicação poderão fazer o credenciamento, através da Assessoria de Imprensa do Santuário Nacional.

Formato

O debate da TV Aparecida terá cinco blocos. No primeiro, o mediador fará a abertura, discorrendo sobre as emissoras que estão transmitindo. Em seguida, vai citar os nomes dos candidatos que estão presentes e os que não compareceram ao encontro. Na sequência, o GC (Gerador de Caracteres) cita os nomes dos outros candidatos sem representação na Câmara dos Deputados e que não participarão do debate. A primeira pergunta – destinada a todos os candidatos, que terão 2 minutos -será feita por um arcebispo designado pela presidência da CNBB.

No segundo bloco será aberta a possibilidade de confronto direto entre os candidatos, com tema livre. O mediador vai sortear o candidato que irá perguntar e o outro que responderá. A pergunta deverá ser feita em até 30 segundos, com resposta em 2 minutos, réplica em 1 minuto e meio e tréplica em 1 minuto.

No terceiro bloco, as perguntas serão feitas pelos jornalistas presentes, que serão pré-agendados pela direção da Rede Aparecida de Comunicação. Os temas serão definidos previamente e as perguntas pré-definidas pela organização do debate. Será feito um sorteio na hora para definir qual candidato irá responder, no tempo máximo de dois minutos.

No quarto bloco, será aberta a possibilidade de confronto direto entre os candidatos, com tema livre. O mediador fará o sorteio do candidato que irá perguntar e de outro para responder. A pergunta deverá ser feita em até 30 segundos, com resposta em dois minutos, réplica em 1 minuto e 30 segundos e tréplica em 1 minuto.

No quinto e último bloco as perguntas, com tema livre, serão feitas por bispos indicados pela CNBB, sendo um bispo para cada candidato. O mediador vai sortear na hora o candidato que irá responder. A pergunta será feita em até 30 segundos e as respostas em 2 minutos. Neste bloco também serão feitas as considerações finais de cada candidato, sendo que cada um terá 1 minuto.

Perfil da Mediadora

Formada pela FIAM, em São Paulo, pós-graduada em jornalismo econômico e político pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP), Joyce Ribeiro começou sua carreira na televisão em 1998, na Boa Vontade TV, da LBV, em que atuou como produtora e repórter. Na RIT, teve sua primeira experiência como apresentadora de telejornal. Foi âncora de programas jornalísticos na RecordTV de 2001 a 2005, quando passou a integrar o cast de jornalismo do SBT até 2017. Atualmente é a principal ancora da casa e comanda o Jornal da Cultura, na TV Cultura.

– Flávia Gabriela / Gerente Comunicação Institucional – Santuário Nacional de Aparecida)

Continue Lendo

SR-GUARÁ

ESPORTES: Guará incentiva inclusão de pessoas com deficiência

Publicado

em

Foto e arte: Marcos Ivan, Canal39 - Imagem meramente ilustrativa

A Prefeitura da Estância Turística de Guaratinguetá, por meio da Secretaria de Esportes, lança novo projeto, o “Esporte Especial”, com objetivo principal de incentivar a prática esportiva e incluir na sociedade pessoas com deficiência. O projeto oferece atividades de segunda à sexta-feira, duas vezes por semana, no período da manhã e tarde, para pessoas acima de 07 anos.

São vagas em 06 modalidades diferentes: atletismo, caminhada, capoeira, esportes radicais (skate e patins), ginástica rítmica e tênis de mesa. As aulas serão monitoradas por educadores físicos e, caso haja necessidade, a presença do cuidador familiar será requisitada.

Para realizar a inscrição, é necessário entrar em contato com a Secretaria de Esportes, que fica na Rua Luiz Pasteur, s/nº, no bairro do Pedregulho (telefone 3122-4010). No ato da inscrição, será preenchida uma ficha cadastral com dados informativos que incluem o tipo de deficiência, grau de independência, mobilidade, entre outros dados. Vale ressaltar que serão atendidas todas as deficiências.

O projeto, por entender a importância da prática esportiva na formação e desenvolvimento, auxilia os alunos na melhoria da condição física e motora, na integração e na participação através do convívio em grupo, além de conscientizar as pessoas, através do conhecimento, sobre os seus direitos e deveres. E oferece também encontros para orientações nutricionais e uma visita ao Centro Paraolímpico Brasileiro, no segundo semestre de 2018.

O “Esporte Especial” conta com parceiros para realização do projeto, entre órgãos públicos, organizações sociais de Guaratinguetá envolvidas com questões de pessoas com deficiência e instituições de ensino públicas, privadas e voluntárias.

Serviço de Comunicação PMG

Continue Lendo

SR-GUARÁ

ECONOMIA: Na contramão do resto do país, Guará tem saldo positivo em geração de empregos 

Publicado

em

Guaratinguetá fechou o primeiro semestre de 2018 com saldo positivo em geração de empregos, com 704 vagas no total. A cidade é a sexta da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte (RMVale) que possui saldo expressivo, ultrapassando até mesmo a média do Estado de São Paulo, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Quem mais contratou foi o poder público municipal, seguido pela área de construção civil – que também conta com incentivos da Prefeitura.

Mesmo com a projeção para a taxa de desemprego estando em 12,4%, segundo Confederação Nacional da Indústria (CNI), Guaratinguetá apresenta resultados otimistas para os trabalhadores. De acordo com o Caged, o resultado da variação de admissões (4.876) e de desligamentos (4.172) é o saldo positivo de 2,54%. O valor é mais que o dobro da média estadual, que se encontra em 1,13%. Além disso, no ranking de cidades com a população acima dos 100 mil habitantes, Guaratinguetá está em segundo lugar, atrás apenas para Pindamonhangaba.

Esses números correspondem apenas ao começo da construção da Guaratinguetá do futuro. Seguiremos trabalhando com esse objetivo.
#ConstruindoACidadeDoFuturo

Continue Lendo

Em Alta

Hospedado por ServerPro