Conecte-se agora
acesse relogio

CULTURA

TURISMO: Canas realiza Festa Italiana e promete mais para 2019

Publicado

em

Sem tirar, nem exagerar: Canas consolida sua posição de mantenedora das tradições e do respeito a todas as famílias as quais deram, e constantemente dão, sua melhor contribuição para o progresso do município.

Um exemplo de soma de esforços, contando com o indispensável apoio da gestão pública e a dedicação de todos os envolvidos em busca dos melhores resultados, todos comprometidos com o resultado final benéfico à comunidade.

A Festa Italiana de Canas, em sua 14ª edição, teve momentos de muito sabor, com as diversas cantinas ali instaladas e seus irresistíveis sabores em massas, carnes, pizzas, frios, vinhos, doces… Tudo ambientado num incrível cenário que remete ao romantismo das muitas cantinas italianas, com música e sorrisos, impecável calor humano.

A grade de shows ficou por conta de bandas especializadas em músicas tradicionais, clássicos românticos e populares da Itália, como Banda Via Roma, Fred Rovella e Banda Show, Ricardo Bombarda (show man), apresentações do Grupo de Dança Di Veneto, da própria cidade e a irreverente Mamma Braciola .

Durante 4 dias, mais uma vez Canas se transformou na “Capital Regional dos Sentimentos Ítalo-brasileiros”, aproximando os integrantes da colônia italiana local e regional, reunindo amigos, construindo novas amizades, movimentando a economia e alimentando a certeza de melhor se organizarem, todos os setores, para o maior e melhor reconhecimento da Festa Italiana como um dos pontos altos do Turismo Gastronômico e Cultural da Região.

Padre Marcos Costa Ramos

A também tradicional missa dominical foi celebrada, este ano, pelo padre Marcos Costa Ramos, o qual disse a maior parte da celebração em italiano, inclusive a leitura do Santo Evangelho.

Alguns detalhes fazem diferenciais os quais motivam, sem dúvida, Canas marcar sua posição no segmento de Turismo e Cultura: o receptivo agradável, otimista, festivo de cada atendente das cantinas; a decoração colorida e bem cuidada; a preocupação em se praticar preços adequados ao momento brasileiro e ao evento que reúne famílias inteiras; iluminação boa; amplo estacionamento; perfeita manutenção da ordem, sem registro de ocorrências; excelente público.

A Festa Italiana de Canas sobe em avaliação, por parte de turistas e profissionais de Turismo que frequentam outras cidades para o mesmo tipo de evento.

Comendador Bonora, com os alunos do curso de italiano ministrado por Silvinha, na foto com o característico avental da Famiglia Albarello.

O evento recebeu a visita do Correspondente Consular em Guaratinguetá, Comendador Giampaolo Bonora, o qual foi recebido por um grupo de alunos do curso de italiano de Caraguatatuba, curso esse oferecido pela FECIBESP (Federazioni degli Enti Culturali Italo Brasiliani dello Stato di San Paolo, da qual Bonora é presidente). Esses alunos marcaram presença especialmente para recepcionar o Comendador, além de prestigiarem a Festa Italiana de Canas.  (Foto ao lado)

A Defesa Civil de Canas registrou um total de 16 mil frequentadores nos quatro dias de evento, o que confirma o crescimento da preferência do público regional para com a Festa Italiana de Canas. Isso confere ao evento o perfil de real atrativo sazonal, merecendo ser inserido no calendário das agências de viagens e das famílias as quais buscam, sempre, motivos para uma confraternização associada a passeio agradável, em local seguro e com muito calor humano.

Novidade

Para se ter ideia de como a 14ª Festa Italiana de Canas “causou” nos meios do turismo regional e sensibilizou a Administração Pública local, o locutor oficial do evento anunciou festivamente, no domingo, dia 29 de julho, não ser mais possível a realização da Festa Italiana em 4 dias. “Em 2019, por decisão do prefeito Lucemir do Amaral, a nossa Festa Italiana acontecerá em dois finais de semana, a partir de quinta-feira”.

A reportagem do Canal39 manifesta seus cumprimentos a todos quantos deram sua contribuição para o efetivo sucesso da Festa Italiana de Canas. Foram momentos de muito trabalho, com dedicação e simplicidade, os quais nos dão todos os motivos para nos mantermos focados na segmentação de nossos veículos site e rádio web.

Famiglia Albarello

Citação especial nos permitimos fazer à Famiglia Albarello, destacando nosso devido respeito a todos os demais empresários participantes.

A Silvinha Albarello é nossa parceira “per cosí tanto tempo” e mais uma vez estabeleceu a relação de apoio logístico à nossa equipe.

Existem atos e momentos para os quais não existem palavras de gratidão ou elogio. Por isso, a todos da Famiglia Albarello e seus colaboradores, “le saremo per sempre grati”!

NOTA DA REDAÇÃO: 

ERRAMOS! O texto acima foi retificado por incorreções a seguir referidas:

O nome correto do prefeito de Canas é Lucemir do Amaral e não Leucemir do Amaral, como antes estava.

As pessoas na foto com o Comendador Bonora são alunos do curso de italiano de Caraguatatuba e não empresários de Canas.

Pedimos desculpas e reconhecemos nosso erro.

 

Texto: Marcos IVan, jornalista profissional MTb 36001

Fotos: Marcos IVan e Edna Maischberger (Diretora)

VEJA MUITAS FOTOS, CLICANDO NAS GALERIAS:

01                                     02                                              03

Jornalista, Publicitário, Bacharel em Comunicação Social pela Universidade de Taubaté. Radialista com passagens pelas emissoras Globo e Capital 1040-AM de São Paulo, TV Setorial (Pindamonhangaba), Rede Difusora de Rádio, Rede Bandeirantes de Rádio. Escritor, autor de "Mergulho, uma proposta de ajuda" (Editora Ave Maria-SP) Produtor artístico, coordenador de eventos. Diretor proprietário da empresa Marcos Ivan de Carvalho ME Diretor do site www.canal39.com.br e da web radio www.radiocanal39.online

CULTURA

CULTURA: Semana Cassiano Ricardo tem abertura com o Coro Jovem de SJC e “Misa Criolla”

Publicado

em

Coro Jovem fará o espetáculo de abertura da 52ª Semana Cassiano Ricardo, que acontecerá no Teatro Municipal - Foto: FCCR/Divulgação - Foto: PMSJC

(Por Avelino Israel / Fundação Cultural Cassiano Ricardo)

Com participação especial do grupo musical Palimpsesto e homenagem à cantora e folclorista chilena Violeta Parra (ano passado foi comemorado 100 anos do seu nascimento), o Coro Jovem de São José dos Campos abre, neste sábado (20), às 20h, no Teatro Municipal, a 52ª Semana Cassiano Ricardo, que terá uma extensa programação até o dia 27.

A apresentação faz parte da Série Opus, da atual temporada, e terá regência do maestro Sérgio Wernec. Os ingressos serão disponibilizados a partir de quinta-feira (18), 50% pelo site da Fundação Cultural e 50% no teatro, uma hora antes do concerto.

O espetáculo contará com a participação do pianista Guilherme de Almeida e terá canções brasileiras, indígenas, afro-brasileiras e latino-americanas, com destaque para Misa Criolla, de Ariel Ramírez. “Queremos traçar uma relação entre as músicas dos diferentes povos com a música brasileira”, explicou Sérgio Wernec.

Palimpsesto e Violeta

Formado em meados de 1988, o grupo de música neolatina de São Paulo, Palimpsesto, busca um caminho artístico alternativo, mesclando estruturas musicais clássicas de diversos períodos, com ritmos e instrumentos latinos, divulgando compositores latino-americanos e também composições próprias.

Violeta del Carmen Parra Sandoval foi compositora, cantora, artista plástica e ceramista chilena, considerada a mais importante folclorista e divulgadora da música popular chilena.

Teatro Municipal de São José dos Campos

Av. Rubião Júnior, 84 (3º andar), Centro

(12) 3942-1144

Fonte: Site oficial de SJC

Continue Lendo

CULTURA

TEATRO: “A Estrada de Wolokalamsk” chega a Lorena nesta sexta

Publicado

em

Divulgação

Nesta sexta-feira, 19 de outubro, o Teatro São Joaquim recebe a peça de teatro “A Estrada de Wolokalamsk”, em uma parceria com o Circuito Cultural Paulista. O espetáculo gratuito será apresentado às 19h, com classificação indicativa de 14 anos.

Escrito em 1987 pelo dramaturgo alemão Heiner Müller, o espetáculo transcorre durante a República Democrática Alemã (RDA) e é dividido em cinco quadros, cada um referente a um período dessa história, desde seu surgimento, no fim da 2ª Guerra Mundial, até seu desaparecimento com a reunificação da Alemanha.

Com tradução de Fernando Peixoto e direção de Esther Góes e Ariel Borghi, a história é ambientada em uma unidade militar russa solitária, os dois primeiros quadros, “Abertura Russa” e “Floresta Perto de Moscou”, mostram soldados que se preparam para enfrentar tropas nazistas, muito melhor equipadas do que eles. O terceiro quadro, “O Duelo”, enfoca os acontecimentos de 17 de junho de 1953, quando os alemães da RDA, já em regime socialista, tentam se revoltar contra o totalitarismo soviético. Já o quarto quadro, “Centauros”, acompanha a decadência real e simbólica do regime, asfixiado pela burocracia. E o último, “O Enjeitado”, trata da ruptura entre as gerações nas camadas dirigentes da RDA, fato que foi o estopim para a implosão do sistema.

A Secretaria de Cultura e Turismo ressalta a importância da população chegar ao local com antecedência, tendo em vista que o encerramento da entrada dependerá do preenchimento dos assentos do teatro, respeitando o espaço do local.

Endereço: Rua Dom Bosco, no UNISAL, centro.

(Fonte: Site oficial de Lorena)

Continue Lendo

CULTURA

DANÇA: Fundação Cassiano Ricardo realiza Mostra de Dança não competitiva em SJC

Publicado

em

Grupo participante da última edição da mostra, que reúne bailarinos, escolas e academias da região sul - Foto: Divulgação/FCCR - Foto: PMSJC

(Por Avelino Israel – Fundação Cultural Cassiano Ricardo) A Fundação Cultural Cassiano Ricardo anunciou estarem abertas, a partir de hoje, segunda-feira (8), as inscrições para a IV Mostra Dança Sul Dança, que será realizada na Casa de Cultura Flávio Craveiro nos dias 19 e 20 de outubro, às 20h. As inscrições devem ser feitas na própria casa de cultura em dois períodos: de 8 a 11 e nos dias 15 e 16, das 9h às 12h e das 13h às 21h. Confira o regulamento completo aqui.

A mostra é voltada a bailarinos, grupos, academias e entidades públicas ou privadas, moradores ou estabelecidas, comprovadamente, na região sul da cidade (salvo convidados pela coordenação da casa). As apresentações ocorrerão por ordem de chegada ao local, nas modalidades de balé, dança contemporânea, jazz, danças urbanas e livre.

Cada candidato (solo ou grupo) pode se inscrever em até duas modalidades com uma coreografia de até 4 minutos. A idade mínima para participar do encontro é de 6 anos.

A mostra não tem caráter competitivo e o objetivo é valorizar a produção da arte de dançar e possibilitar a troca de experiências entre bailarinos, orientadores, academias e coreógrafos (profissionais e amadores).

O encontro acontece desde 2015 na Casa de Cultura Flávio Craveiro e na última edição contou com a participação de 36 coreografias de bailarinos solos, grupos independentes de dança, aprendizes e orientadores das oficinas da Fundação Cultural, todos da região sul.

Casa de Cultura Flávio Craveiro

Av. Lênin, 200 – Dom Pedro I

3966-1136
 

 

Continue Lendo

Em Alta

Hospedado por ServerPro