Conecte-se agora
acesse vila rica

TURISMO

TURISMO: ALESP aprova os 43 que faltavam para consolidar 140 MITs

Publicado

em

Museu Dom Pedro I e Dona Leopoldina, em Pindamonhangaba, é um belo atrativo turístico. Pinda ainda aguarda o MIT (Foto: Marcos Ivan, Canal39)

O plenário da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo aprovou, nesta terça-feira, 5, o projeto de Lei 635/2018, assinado coletivamente pelos parlamentares, propondo a aprovação de 43 municípios considerados habilitados à titularidade como de Interesse Turístico.

Conforme o Canal39 já havia noticiado, o total de MIT – Municípios de Interesse Turístico comportado em Lei é, atualmente, de 140.

A ALESP já havia aprovado 97 cidades, as quais receberam a sanção do Governo do Estado de São Paulo em 2018. Os municípios agora contemplados pela aprovação do projeto aguardam, para se tornarem efetivamente MITs, o autógrafo do governador João Dória.

Os 43 aprovados hoje estavam em poder do GMITs, órgão técnico da Secretaria de Turismo encarregado de analisar profundamente cada município proposto. Foram habilitados, por referido órgão técnico, e seguiram para votação e aprovação na Assembleia.

Destaque-se, então, não ser nenhuma nova “leva” de municípios que passaram pelo crivo dos analistas do Grupo de Trabalho dos MITs, mas, isto sim, aqueles aguardando serem pautados para votação na ALESP e já integrantes do rol dos 140.

Jarbas Favoretto, do GTMITs, já havia nos informado que o “pacote dos 140” estava definido, isto desde o início de dezembro. Trocando em miúdos, para o Grupo Técnico o trabalho estava terminado, quanto à necessidade de se completar 140 cidades habilitadas a receberem a aprovação dos parlamentares e, após, a sanção governamental. Na mesma oportunidade, inclusive, Favoretto frisou que a nova etapa de trabalho do Grupo será, rigorosamente, providenciar o ranqueamento dos 140 por conta do desempenho.

Para se ter uma ideia do rigor das avaliações, o mesmo Jarbas Favoretto comentou, em publicação sua, que um dos mais importantes itens avaliados pelo GTMITs é quanto à estrutura de atendimento médico/hospitalar do município candidato. Citou, inclusive, o município de Itirapina, o qual demonstrou muito bom exemplo, numa visita feita em final de semana, com atendentes, farmacêutica, médicos plantonistas e boas instalações.

Da Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte existem alguns municípios “na sala de espera” dos resultados da avaliação pelo Grupo Técnico. Pela ordem de registro dos projetos na ALESP, não sequencialmente,  estes municípios são: Silveiras, Pindamonhangaba, Caçapava, Arapeí e Taubaté.

À frente de Pindamonhangaba, especificamente por conta de o Canal39 estar sediado neste município, são 53 cidades, aguardando parecer técnico. Na verdade, ao todo, até a data de 11 de janeiro deste ano, estão na fila exatos 100 municípios.

Caso haja a ampliação do número de candidatos e o PDT de Pindamonhangaba seja habilitado pelos técnicos, a cidade poderá ser parte do pacote adicional. Vale salientar que, na mensagem do relator do PDT de Pindamonhangaba consta o pedido de “análise de forma conclusiva” sobre a habilitação ou não como MIT para se encaminhado e pautado para votação na Assembleia e, posteriormente, aguardar sanção do Governador.

Potim, também da RMVALE, teve seu projeto devolvido à ALESP, onde está desde junho de 2018, para complementação, a qual aconteceu efetivamente, mas, ainda, não foi relacionado para sequencia pelo GMITs. Tecnicamente, se os requisitos anteriormente não atendidos (melhores detalhes sobre Equipamentos Turísticos, Serviços de Alimentação, Serviço de Informação Turística, Atrativos Turísticos e COMTUR adequado ao estabelecido na Lei Complementar 1261) forem satisfeitos, deverá entrar na fila onde estão os 100 outros já citados.

João Dória

O governador afirmou, em sua rede social (agosto de 2018) que “O Turismo terá total apoio em nosso Governo. Fui presidente da Embratur e Secretário de Turismo em São Paulo, entendo a dimensão econômica e importância desta atividade para geração de emprego, renda e desenvolvimento regional”.

De suas ações para fomentar o Turismo, Dória convidou Vinicius Lummertz (ex Ministro de Turismo) para assumir a pasta no Estado. Ambos são empresários, conhecedores profundos das demandas apresentadas pelo trade turístico e da importância de se investir trabalho e dinheiro no setor.

Mais recentemente, até pegando de surpresa 14 cidades que tiveram aporte de verbas para o Turismo já no apagar das luzes de 2018, Dória recomendou suspensão de possíveis pagamentos e revisão de projetos.

Isso demonstra a preocupação do governo sobre o destino dos recursos e, devido a essa mesma preocupação, talvez tão cedo não aconteça a abertura de mais 70 vagas para MIT, ficando o total no que já está definido: 140.

Os “padrinhos”

A coisa se desenha um tanto mais “difícil” quando se percebe que alguns parlamentares, signatários de Planos de Turismo, não foram reeleitos.

Historicamente, os que mais marcavam presença na Região e não foram reeleitos são: Afonso Lobato, Cássio Navarro, Davi Zaia, Helio Nishimoto, Doutor Gondim e Ramalho da Construção. Muitos Planos Diretores de Turismo foram apadrinhos por estes que não assumem cadeiras em março, na ALESP e, por isso, não terão como “defender ativamente” suas proposituras para MIT, apesar de não terem nenhum dos projetos pendentes na Região   com sua assinatura e à espera de habilitação.

Os “43”

Aguardando sanção de João Dória para, efetivamente, festejar sua classificação estão: Adamantina, Adolfo, Anhembi, Araçatuba, Araçoiaba da Serra, Barra do Turvo, Bebedouro, Bocaina, Botucatu, Divinolândia, Dois Córregos, Garça, Guaíra, Ibirarema, Icém, Igarapava, Indiaporã, Ipeúna, Itapeva, Itaporanga, Itariri, Itirapina, Jaboticabal, Jarinu, Juquiá, Juquitiba, Lavrinhas, Marília, Mogi Mirim, Palmeira D’Oeste, Paulicéia, Pirapora do Bom Jesus, Pongaí, Porto Ferreira, Santa Albertina, Santa Clara D’Oeste, São Bernardo do Campo, São João da Boa Vista, São Manuel, Timburi, Três Fronteiras, Valentim Gentil e Votorantim.

(Texto: Marcos Ivan de Carvalho, Mtb36001, para o Canal39)

TURISMO

GUARATINGUETÁ: Devoção e fé marcam principal dia da Festa de São Benedito e São Gonçalo

Publicado

em

Foto: Edna Maischberger, Canal39

As comemorações em louvor a São Benedito e São Gonçalo, na Estância Turística de Guaratinguetá, município de Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte (SP) têm seu momento maior na segunda-feira, 22, quando a programação tem início às 6h, com a tradiconal Alvorada.

Às 7 horas, a memória daqueles que fizeram parte da Irmandade de São Benedito e da Cavalaria de São Gonçalo é reverenciada, com celebração da Santa Missa presidida pelo pároco Padre Jalmir Carlos Herédia;

Na sequência, às 8 horas, na Praça São Gonçalo, ao lado da igreja, é servido o tradicional Café com São Benedito.

Por volta das 9 horas, na Rua Conselheiro Dantas, os Reis, a Corte, grupos de Congadas e populares iniciam sua caminhada até a Igreja de São Benedito.

Com a presença de grande número de fieis, a partir das 10 horas e presidida pelo Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, é celebrada a Missa Solene em louvor a São Benedito e São Gonçalo.

Os pães e doces, tradicionais nas comemorações ao Santo Cozinheiro, são benzidos e distribuídos a partir das 12h30min, na Casa da Irmandade de São Benedito. Essa atividade segue até as 15h30min.

A grandiosa procissão em honra a São Benedito está marcada para iniciar-se às 17 horas, obedecendo ao seguinte itinerário: Rua Henrique Dias; Avenida Rui Barbosa; Rua Santa Clara; Rua Cel. Tamarindo; Praça Homero Otoni; Rua Duque de Caxias; Rua Prudente de Morais; Rua Cel. Virgílio; Praça Santo Antonio; Rua Dr. Martiniano; Rua 9 de Julho; Rua Mal. Deodoro e Praça Joaquim Vilela, onde deverá chegar por volta das 19 horas.

Após a chegada da procissão haverá bênção para o povo. A seguir, nomeação dos novos Reis, passagem das coroas, encerrando-se com grande queima de fogos.

Entretenimento:

Às 20 horas, após o encerramento das comemorações religiosas, haverá, na Praça Joaquim Vilela de Oliveira Marcondes, show de lançamento do DVD do cantor Elias Marra, contando com a participação de Dinho Luz e Juliana Diniz.

Em seguida, às 21 horas, show de encerramento com o Grupo 100%.

Durante o período da festa funcionará, na Praça Joaquim Vilela, a Praça de Alimentação, com barracas típicas.

A programação informada é uma realização da Irmandade de São Benedito.

(Texto: Marcos Ivan, Canal39)

Continue Lendo

TURISMO

TRADIÇÃO: Festa de São Benedito e São Gonçalo começa no Domingo de Páscoa em Guará

Publicado

em

Carro-andor com as imagens de São Gonçalo e São Benedito (Foto: Marcos Ivan, Canal39)

Há 262 anos, em Guaratinguetá, devotos de São Benedito realizam celebrações para homenagear aquele que é o Santo protetor dos alimentos, das cozinhas, padroeiro dos cozinheiros.

Exemplo de humildade e doação, Benedito nasceu filho de um casal de escravos os quais, inicialmente, não queriam gerar filhos para não existirem mais escravos. Sabedor disso, o senhor deles prometeu dar, ao filho que gerassem, a total liberdade.

Assim, Cristóvão e Diana tiveram Benedito, nascido em liberdade por conta da promessa cumprida pelo senhor. Crescido na fé católica, ensinada pelos pais, negro Benedito sofreu insultos por conta da raça. A tudo suportou e, num gesto de muita humildade, juntou-se aos eremitas franciscanos e, posteriormente, foi para um convento, na Sicília, continuando a servir à palavra de Jesus.

A história da vida magnífica de São Benedito você encontra aqui.

A devoção a São Benedito espalhou-se por todos os cantos e os louvores ao Santo Cozinheiro são manifestos por uma série de comemorações, como acontece em Guaratinguetá.

No Domingo de Páscoa, pela manhã, o rufar das Caixas de São Benedito, percorre ruas da cidade anunciando o início dos festejos.

Cavaleiros trajando ternos, os Mantenas, momentos antes do início da Cavalaria (Foto: Edna Maischberger, Canal39)

Às 12h, na Chácara Selles, outro grande momento da Festa de São Benedito. Começa a concentração dos Cavaleiros de São Benedito e São Gonçalo, para uma verdadeira procissão em lombo de equinos e muares. A chamada Cavalaria de São Benedito e São Gonçalo é tradição de 293 anos.

Muitíssimo bem organizada, a Cavalaria percorre grande número de ruas, contando com a presença marcante dos Mantenas, cavaleiros responsáveis pela manutenção da ordem em todo o cortejo.

Clubes equestres participam da Cavalaria, demonstrando sua fé e gratidão aos santos homenageados (Foto: Edna Maischberger, Canal39_

Enquanto a Cavalaria cumpre seu trajeto, um sem número de mulheres realiza a Procissão da Bandeira e da Corôa, saindo da Casa de São Benedito com destino à Igreja de São Benedito, no Campo do Galvão.

Por volta das 15h, na Praça Piratininga, com a chegada da Cavalaria de São Benedito e São Gonçalo, inicia-se a Procissão do Mastro ou, como também é conhecida, a Puxada do Mastro de São Benedito. Esse evento conta com a participação de diversas companhias de Congadas e Moçambiques, tendo à frente o grupo de Caixas de São Benedito.

Início da Procissão (ou Puxada) do Mastro de São Benedito (Foto: Marcos Ivan, Canal39)

A Puxada do Mastro, junto com a Cavalaria, percorre mais um bom tanto de ruas, chegando à Praça São Gonçalo por volta das 17h, quando acontece o levantamento do Mastro e a evolução da Cavalaria, cujos integrantes (cavaleiros e montarias) recebem a bênção ministrada pelo sacerdote.

Festa de São Benedito e São Gonçalo, em Guaratinguetá, um tempo de meditação e celebração que reúne grande número de moradores e turistas.

Vale a pena conferir.

Na programação de eventos de lazer, a noite de domingo será animada pela excelente Banda 8 Segundos, com entrada franca, a partir das 21h.

Continue Lendo

TURISMO

VIAGENS AÉREAS: Com apoio do Governo de SP, Azul confirma novos voos para Araraquara e Guarujá

Publicado

em

Imagem ilustrativa: aeronave da Azul, taxiando no aeroporto de SJK (Foto: Edna Maischberger, Canal39)

A ampliação da malha aérea no Estado de São Paulo, com expressivo aumento de voos, já é uma realidade. O Governador João Doria e o Secretário Estadual de Turismo, Vinicius Lummertz, anunciaram nesta quinta-feira (18), no Palácio dos Bandeirantes, novos voos da Azul Linhas Aéreas Brasileiras para os municípios de Araraquara, no interior, e Guarujá, no litoral paulista.

A ampliação da malha aérea no Estado é resultado do programa “São Paulo Pra Todos”, que reduziu o imposto da alíquota cobrada sobre o querosene de aviação de 25% para 12%. Como contrapartida, as companhias aéreas passarão a oferecer mais voos a partir de diversos aeroportos paulistas.

“São Paulo é o maior emissor de turismo do Brasil e da América Latina”, afirmou o Governador. “Isso implica em aumento do fluxo de passageiros para o interior do Estado e também para outros destinos em todo o Brasil”, acrescentou. “Turismo não é tratado como acessório, aqui é uma política de governo”, frisou Doria.

Para o Secretário Lummertz, “mais voos, mais ligações diretas e mais destinos são de grande importância para o desenvolvimento socioeconômico paulista, gerando prosperidade e avanço também para atividade turística e de negócios. A conectividade faz crescer as regiões”.

O município de Araraquara possui 230 mil habitantes e voltará ao cenário da aviação nacional, recebendo um voo diário para a cidade de Campinas a partir do dia 1º de setembro. Com ligação direta ao Aeroporto Internacional de Viracopos, os passageiros que partirem de Araraquara terão a possibilidade de se conectar a 60 destinos dentro e fora do Brasil.

Em relação ao Guarujá, com 380 mil habitantes, a expectativa da Azul é operar voos do litoral paulista para os aeroportos de Santos Dumont, no Rio de Janeiro, Belo Horizonte, em Minas Gerais, e Curitiba, no Paraná. O início das operações dependerá da conclusão de obras estruturais no aeroporto de Guarujá.

“É fundamental que o hub paulista cresça para aumentar a conectividade aérea do Brasil”, declarou o Secretário Lummertz. “Nós precisamos fortalecer o hábito de voar. Quanto mais passageiros voarem, melhores tarifas nós teremos”, concluiu.

Os voos serão operados com aeronaves modelo ATR 72-600, com capacidade para até 70 passageiros. Assim, a Azul amplia de 10 para 12 o total de cidades atendidas pela companhia em São Paulo, com médias de 36 voos diários entre destinos paulistas.

A iniciativa também permite que a Azul fortaleça o hub de conexões em Campinas e a presença da companhia em Guarulhos. De junho até dezembro deste ano, serão nove novas ligações diretas: Campinas – Sinop (MT), a partir de junho; Guarulhos – Manaus (AM), Campinas – Imperatriz (MA), Campinas – Aracaju (SE), Campinas – Natal (RN), Campinas – São Luís (MA) e Campinas – João Pessoa (PB), em julho; Campinas – Vitória da Conquista (BA), a partir de agosto; e Campinas – Cabo Frio (RJ) em dezembro de 2019.

São Paulo Pra Todos

A despesa das empresas aéreas com combustível chega a até 40% de todo o custo operacional de cada voo. Com a redução do ICMS cobrado sobre o combustível aéreo, o Governo de São Paulo pediu contrapartidas para aumentar o fluxo de pousos e decolagens dentro do Estado, principalmente em cidades que ainda não eram atendidas por linhas comerciais regulares.

Pelo acordo firmado em fevereiro, o setor aéreo se comprometeu a criar 70 novos voos e 490 partidas semanais, aumentando a oferta de destinos em todo o país. Ao todo, as novas frequências vão atingir aeroportos de 38 cidades em 21 estados. A desoneração tributária terá efeito a partir de 1º de junho e será compensada pelo impacto econômico gerado pelas contrapartidas.

(Assessoria de Comunicação – Setur-SP).

Continue Lendo
Propaganda acesse REVISTA29
Propaganda Enter ad code here

Em Alta

Hospedado por ServerPro