Conecte-se agora
acesse bibi

CULTURA

Roadshow promove chás indianos em SP

Publicado

em

Chá em alta no road show
Chá Verde, um destaque no Brasil

Uma das tendências mundiais de consumo que mais cresce, os chás da Índia têm despertado o interesse de empresários brasileiros do segmento. Roadshow organizado pelo Consulado Geral da Índia em São Paulo permitirá degustação e conhecimento de algumas variedades da bebida.

São Paulo, Fevereiro de 2018 – Acreditando na tendência de consumo dentro do mercado brasileiro, o chá é um produto que fez a Índia investir mais no Brasil. O crescimento por aqui é perceptível, tanto que até pouco tempo, a maior ingestão da bebida era feita pela compra de sachês em supermercados e lojas. Atualmente, casas de chás e outros estabelecimentos investem na sua versatilidade.

Estrategicamente mirando esse segmento, o Consulado Geral da Índia em São Paulo e o Tea Board of India, entidade ligada ao Ministério do Comércio e Indústria indiano, organizarão, na capital paulista, o evento Indian Tea – “A Cup for Every Mood” em 22 de fevereiro de 2018, com o intuito de apresentar detalhes sobre oportunidades do mercado de chás. Durante o encontro serão apresentadas informações sobre o plantio, cultivo e a produção dos principais chás: Darjeeling, Assam, Nilgiri, Kangra, Munnar, Dooars-Terai e Masala Tea.

A iniciativa conta com o apoio institucional da Câmara de Comércio Brasil Índia e a co-organização da AdvantageBRICS Consultoria. Compradores, importadores, proprietários de casas de chá são esperados para participar do roadshow.

Oportunidade

Uma pesquisa da Associação Paulista de Supermercados afirma que, no universo de bebidas, a tendência é a busca por uma vida mais saudável no consumo de líquidos e, por isso, os brasileiros declararam que estão consumindo mais chá, chá gelado e bebidas energéticas. Entre os principais consumidores de chá no mundo estão: Turquia, Irã, Marrocos, Uzbequistão e Nova Zelândia. O Reino Unido, conhecido por ser um dos maiores apreciadores da bebida, aparece em 13º no ranking. E o Brasil na posição 77.

Masala chai tea (divulgação)

Mesmo com uma posição distante, o mercado nacional ainda é considerado um dos mais importantes para exportação do chá preto indiano, segundo dados do Tea Board of India. As importações brasileiras de chá indiano dobraram entre 2015 e 2016, período em que a produção de chá na Índia cresceu 2,5%.

Características do Chá Indiano

Entrando no tema sobre as especificidades da bebida, altitude e umidade são as duas variáveis que determinam o crescimento da planta. Cresce a partir de uma altitude de poucos metros acima do nível do mar até algumas mais frias de aproximadamente até 2000 metros. A qualidade do chá aumenta com a altitude mais elevada. Os chás pretos indianos mais famosos são produzidos em três áreas principais: Darjeeling, no Norte; Assam, no Nordeste; e Nilgiri, no Sul. Cada sabor tem sua própria história e característica.

Plantações são feitas em locais elevados

Plantação de chá na Índia (Foto: Tea Board of India)

A grande diversidade de folhas, flores e raízes usadas para fazer diferentes tipos de chá tem chamado cada vez mais atenção pela riqueza de nutrientes que podem influenciar. Digestivos, energizantes, detox, isotônicos, emagrecedores, antioxidantes, entre outros compõem a extensa e variada lista de chás indianos consumidos no país e  exportados ao exterior.

(Marcos Oliveira – Assessoria de Imprensa / Fotos: Divulgação)

Jornalista, Publicitário, Bacharel em Comunicação Social pela Universidade de Taubaté. Radialista com passagens pelas emissoras Globo e Capital 1040-AM de São Paulo, TV Setorial (Pindamonhangaba), Rede Difusora de Rádio, Rede Bandeirantes de Rádio. Escritor, autor de "Mergulho, uma proposta de ajuda" (Editora Ave Maria-SP) Produtor artístico, coordenador de eventos. Diretor proprietário da empresa Marcos Ivan de Carvalho ME Diretor do site www.canal39.com.br e da web radio www.radiocanal39.online

CULTURA

CULTURA: Música Sertaneja tem nova edição do Festival Luiz Carlos Cardoso

Publicado

em

Foto: Marcos Ivan, Canal39

As inscrições para o 15° Festival de Interpretação da Música Sertaneja “Luiz Carlos Cardoso” começaram nesta quarta (13) e seguem até dia 27 de julho e podem ser realizadas no site oficial da Prefeitura de Pindamonhangaba.

Podem participar cantores solo, em dupla, trio ou banda, porém os candidatos poderão inscrever apenas uma música em apenas uma categoria.

As categorias são: ‘Jovem Música Sertaneja’, em que os inscritos interpretarão as jovens músicas do sertanejo e poderão utilizar qualquer tipo de instrumento; Categoria ‘Música Raiz‘, os candidatos irão apresentar em dueto músicas com o tema de natureza ou homem do campo e só poderá utilizar violão, viola e acordeão; na Categoria Individual, as apresentações devem ser solo e o participante deverá tocar e cantar, podendo utilizar qualquer instrumento e cantar músicas raiz ou jovem.

O Festival será realizado nos dias 5 e 12 de agosto, às 9 horas, no Espaço Cultural “Luiz Carlos Cardoso”. No dia 5 de agosto (domingo), acontece a classificação dos três candidatos de cada categoria com a maior pontuação segundo o júri.

Eles irão para a grande final que acontece dia 12 de agosto (domingo).

Após as apresentações, será feita a entrega dos troféus.

O Festival de Interpretação da Música Sertaneja é promovido pela Prefeitura Municipal de Pindamonhangaba, por meio do Departamento de Cultura e Patrimônio Histórico, em cumprimento à Lei n° 3.911, de 24 de maio de 2002, e tem como objetivo incentivar a música sertaneja, revelar novos talentos e promover o intercâmbio artístico cultural.

(Departamento de Comunicação – Prefeitura de Pindamonhangaba)

Continue Lendo

CULTURA

CARAGUÁ: “Filhas da Dança” é ouro no 21º Litoral Dance Festival

Publicado

em

CARAGUÁ: "Filhas da Dança" é ouro no 21º Litoral Dance Festival

Doze bailarinas da Cia Filhas da Dança de Caraguatatuba, dirigidas pela coreógrafa e diretora, Evelin Sabará, deixaram os jurados de queixo caído às 22h da última sexta-feira (25) durante o 21º Litoral Dance Festival.

Com a coreografia “Compassos”, no conjunto misto. Toda a obra foi pensada com muita consciência crítica e apresentada no Ginásio do Tebar Praia Clube.

O grupo, que conta com o apoio da Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da Secretaria de Esportes,  segue agora ainda mais motivado com foco em outro grande desafio.

Além deste troféu de ouro, a Cia Filhas da Dança de Caraguatatuba já havia garantido sua participação na competição do II Edicion do Super Star Dance, Conjunto Interamericano de Dança e irá representar o Estado de São Paulo entre os dias 29 e 30 de outubro no México.

“Nossa coreografia retrata um pouco da realidade humana, as preocupações do dia a dia, o desejo de conquistas sem olhar aquém; que faz com que muitos se esqueçam de que as pessoas possuem sentimentos e desejos.

Claro que nem todos agem desta forma, mas passam por uma luta constante para permanecer de pé. Paralelo a isso, também tentam erguer e estimular pessoas que já não acreditam em uma sociedade justa. Alguns são fortes e conseguem reerguer-se, mas outros só acreditam no seu ego”, avalia a diretora.

Ao final, as dançarinas conseguem, em meio a um jogo corporal cheio de compasso, deixar claro que todos somos iguais, independente de cor, crença ou classe social. “Deixaremos este mundo sem levar nada, apenas ficará memórias do que construímos por meio da coisa mais preciosa que temos: o nosso nome”, afirma Evellin.

A aluna, Karen Barroso, uma das dançarinas da coreografia vencedora, falou sobre o orgulho em fazer parte desta conquista e sobre os desafios que enfrentaram.

“Ensaiávamos três dias por semana e tivemos apenas um mês entre a preparação e treino para o Festival. Finalmente o dia chegou e a adrenalina e expectativa por fazer um bom trabalho em palco estava grande. Mas, graças a Deus, deu tudo certo”, fala com entusiasmo a bailarina.

Karen destaca sua gratidão à coreógrafa, Eveliin, aos pais e a toda produção.

“Somos gratas a nossa coreógrafa Carolin Evelin por sempre acreditar e investir em nós e por não desistir de nós. Um bailarino só é bom quando o coreógrafo faz por amor e com amor. Nosso muito obrigada por tudo que faz por nós, não poderíamos deixar de agradecer também a Vânia que sempre nos encoraja, apoia e ajuda em todo tempo”, destaca.

O trabalho vencedor teve a participação das bailarinas Ana Júlia Evangelista, Alana de Moura, Arlete Gonçalves, Gabriela Odorizzi, Geovana dos Santos, Joana Silva Prates, Karen Barroso, Letícia Amaral, Natália Stillano, Nathália da Costa, Rayane Carvalho e Rayane Rodrigues. Assistente Vania Buzatto e direção de Evelin Sabará.

(Texto e Foto: Talita Fernanda, PMC)

Continue Lendo

CULTURA

CULTURA: Conexão Caiçara traz boa música, alegria e muito arrasta pé para Caraguá

Publicado

em

Reserve a agenda, pois o próximo domingo (27/05) será de muita música e dança na Praça Tom Ferreira. O “Conexão Caiçara – Forró” será das 17h30 às 22h e promete reunir os amantes do ritmo.

O evento, realizado pela Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da Secretaria de Turismo, vem seguindo a proposta de valorização dos músicos locais e promoção da cultura e diversidade.

O arrasta pé dos forrozeiros será garantido pelas bandas Quinteto Praiano, que abre os trabalhos às 17h30, seguidos da Banda Saquaritá, às 18h30. A Tribo Caiçara irá animar o início da noite, a partir das 20h. O encerramento fica por conta da Banda Revolusom, que traz um repertório eclético a partir das 21h30.

De acordo com o secretário de Turismo, Cristian Bota, todas as pessoas tem a oportunidade de apresentar seus projetos musicais e a gestão está cada vez mais aberta, oferecendo o suporte e apoio necessário. “O prefeito Aguilar Junior tem um modelo de gestão participativo, onde o poder público e a população caminham juntos, buscando o melhor para a cidade. Apoiar o artista local, seja o músico ou o artesão, também tem sido uma de nossas prioridades”, disse o secretário.

(Mayara Peixoto, Jornalista / Foto: Luís Gava, PMC)

Continue Lendo
Propaganda
Propaganda acesse romaria<(/a)

Em Alta

Hospedado por ServerPro