Conecte-se agora
Acesse contato

SR-GUARÁ

RELIGIÃO: Aparecida sedia Assembleia Geral da CNBB

Publicado

em

Foto: Thiago Leon

Encontro acontece em Aparecida e reúne bispos de todo o país (Por Victor Hugo Barros).

A partir de quarta-feira (11), cerca de 400 bispos de todo o país vão se reunir no Santuário Nacional, em Aparecida (SP), para a realização da sua 56ª Assembleia Geral (AG). A abertura do maior encontro do episcopado brasileiro acontece na missa 7h30 da manhã, que será presidida pelo presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Sérgio da Rocha.

Após a celebração eucarística, os religiosos seguem para o Centro de Eventos Padre Vitor Coelho de Almeida, local onde serão realizados os principais trabalhos da Assembleia. Acontece ali, por volta das 9h15, a sessão de abertura da AG de 2018. O momento poderá ser acompanhado pela imprensa e será transmitido por canais de inspiração católica.

As atividades do primeiro dia contemplam quatro sessões, onde são debatidas, além do tema central, outros assuntos referentes a vida da Igreja no Brasil. A última delas acontece às 18h e se encerra às 19h30, quando os bispos seguem para descanso no Hotel Rainha do Brasil. A rotina se repete durante todos os dias úteis até o encerramento dos trabalhos.

Além das sessões, ao longo da Assembleia os bispos terão dois momentos de contato com os meios de comunicação. O primeiro deles durante os meetings points realizados às 9h e outro às 15h, na coletiva de imprensa transmitida ao vivo pelo portal a12.com.

História – Em sua 56ª edição, a Assembleia Geral Ordinária da Conferência Nacional dos Bispos do Brasilacontece desde 1953, quando foi sediada em Belém (PA). Anos depois, ela assumiu caráter anual e se transferiu para Itaici (SP), onde aconteceu por 33 anos na Vila Kostka. Em 2011, por determinação da própria Conferência, o encontro passou a acontecer no Santuário de Aparecida.

“Quando Aparecida acolheu a quinta Conferência do CELAM , a pedido do papa Bento XVI, os bispos e o próprio pontífice ficaram tocados pela proximidade com os romeiros. A partir daí já havia uma movimentação no episcopado para trazer a Assembleia Geral para cá. Em 2009 votamos e decidimos trazer para o Santuário e assim acontece até hoje”, recorda o arcebispo emérito de Aparecida, Dom Raymundo Damasceno Assis, que intermediou a vinda do encontro.

Para acolher os prelados, Aparecida teve que se preparar. Além da criação de salas no Centro de Eventos, o Santuário construiu ainda um novo empreendimento para acolher os bispos do Brasil e os peregrinos: o Hotel Rainha do Brasil, que acolhe o episcopado brasileiro em assembleias desde 2013.

(Fonte: Comunicação Institucional do Santuário Nacional – Foto: Thiago Leon)

Jornalista, Publicitário, Bacharel em Comunicação Social pela Universidade de Taubaté. Radialista com passagens pelas emissoras Globo e Capital 1040-AM de São Paulo, TV Setorial (Pindamonhangaba), Rede Difusora de Rádio, Rede Bandeirantes de Rádio. Escritor, autor de "Mergulho, uma proposta de ajuda" (Editora Ave Maria-SP) Produtor artístico, coordenador de eventos. Diretor proprietário da empresa Marcos Ivan de Carvalho ME Diretor do site www.canal39.com.br e da web radio www.radiocanal39.online

SR-GUARÁ

RELIGIÃO: Santuário Nacional inicia Cerimônia da Restauração

Publicado

em

(Foto: CMD/Santuário Nacional de Aparecida)

Celebrações e carreata pelo estado celebram 40 anos do restauro da Imagem de Aparecida.   Carreata com a imagem de Nossa Senhora sairá de São Paulo e percorrerá cidades paulistas até Aparecida (SP) recordando trajeto realizado há quatro décadas

(Por Victor Hugo Barros)

Em 2018, o Santuário Nacional vai recordar e celebrar os 40 anos da restauração da Imagem de Nossa Senhora Aparecida. Para marcar a data, a partir do próximo dia 19 de maio, o maior templo mariano do mundo dará início à Cerimônia da Restauração. A celebração acontecerá todos os sábados às 15h na Basílica Velha até o dia 19 de agosto, quando será encerrada com uma carreata saindo da Catedral da Sé, em São Paulo (SP), rumo ao Santuário Nacional, em Aparecida (SP).

A procissão motorizada vai recordar o ato que aconteceu há quatro décadas, quando a Imagem retornou restaurada após um ataque sofrido em 16 de maio de 1978. Na ocasião, os fiéis se aglomeraram ao redor da Via Dutra para recepcionar a Padroeira que retornava para sua casa.

Durante as celebrações, serão lembradas realidades presentes no cotidiano da Igreja e da sociedade, bem como opções para superação das dificuldades destes cenários. “Mais do que fazer memória, queremos rezar pela restauração de diversas situações que permeiam nossa realidade social e eclesial”, destaca o reitor do Santuário Nacional, padre João Batista de Almeida.

Todas as 14 cerimônias serão presididas pelo missionário redentorista, padre Alberto Pasquoto. Na época do atentado sofrido pela Imagem, o sacerdote integrava a equipe das Missões, mas viu de perto o processo que culminou na reintegração do maior símbolo da fé católica brasileira. “Quando nossos confrades falaram sobre o esfacelamento da Imagem, disseram que seria difícil recuperá-la. Me lembro da alegria que foi quando soubemos que ela havia sido restaurada e retornaria para Aparecida”, recorda o religioso.

Já a missa em São Paulo acontecerá sob a presidência do arcebispo local, Dom Odilo Pedro Scherer. A eucaristia se iniciará às 7h30 na Catedral, com a presença da imagem fac-símile de Nossa Senhora Aparecida.

Após a liturgia, uma carreata seguirá pela Avenida do Estado, passando pela Marginal Tietê, alcançando a Via Dutra, em um trajeto ainda a ser confirmado. A Padroeira do Brasil passará pelas ruas e rodovias em carro aberto, para que possa ser saudada pela população das cidades por onde o cortejo passará. Além disso, os fiéis que desejarem poderão participar do trajeto com seus veículos.

A previsão é que a procissão motorizada chegue ao Santuário Nacional por volta das 13h30. Após uma recepção solene da imagem e dos motoristas, acontecerá uma missa às 14h no interior da Basílica de Aparecida. No fim da celebração, a imagem será solenemente coroada, já que, nesta data, a Igreja Católica celebrará a festa da assunção de Nossa Senhora.

A expectativa é de que os fiéis participem da carreata não só com seus veículos, mas que eles também estejam ao redor dos lugares por onde a imagem de Aparecida vai passar, repetindo uma cena que atravessou quatro décadas e ainda hoje é lembrada.

(Foto: CMD / Santuário Nacional de Aparecida)

Continue Lendo

SR-GUARÁ

RELIGIÃO: Aparecida homenageia São Benedito – contém áudio

Publicado

em

A edição de nº 109 da Festa de São Benedito, na Estância Turístico-Religiosa de Aparecida (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte – SP) revestiu-se de magníficos exemplos de fé, gratidão, adoração e emoção, todos eles revestidos de intenso colorido das vestimentas do povo, de um modo geral e, acima de tudo, dos grupos de congadeiros e moçambiqueiros.

De todos os lados, durante o dia da Festa, apareciam os grupos, tocando,dançando, cantando, louvando ao Santo Cozinheiro, como é carinhosamente denominado o primeiro negro a ser canonizado pela Igreja Católica.

Dom Orlando Brandes durante a homilia

A missa solene foi presidida pelo arcebispo Dom Orlando Brandes e concelebrada pelos padres: José Inácio de Medeiros, Superior Provincial da Congregação do Santíssimo Redentor (SP); Sebastião Fernandes Daniel, Pároco de Nossa Senhora da Conceição Aparecida e São Benedito; Vinícius Geraldo Ponciano, Vigário Paroquial; Narci Jacinto, Chanceler Arquidiocesano de Aparecida e vários diocesanos e redentoristas de diversas cidades, autoridades convidadas e os Reis .

Iraci e Osvaldo Elache Jr, Reis da Festa em 2018

Dom Orlando Brandes, em sua homilia, exaltou as qualidades e virtudes de São Benedito, exemplo de Fé, Vocação, Humildade e Doação.

O líder católico citou, ainda, a necessidade de todos efetivamente se sentirem irmãos, praticando a bondade, fazendo o bem, focando a melhoria dos relacionamentos e a educação das crianças como ferramentas possíveis de promoverem a felicidade dos brasileiros, com a superação das atuais dificuldades, muitas delas causadas pela política dos interesses pessoais em prejuízo à Unidade e a Justiça.

Ouça, a seguir, a íntegra da fala de Dom Orlando Brandes.

Outro tradicional e concorrido momento foi a distribuição de 10 toneladas dos doces de São Benedito. Em 2018 a equipe responsável conseguiu montar e distribuir 21 mil potinhos contendo doces de mamão, abóbora e batata, um pão e uma lembrança com a imagem do Santo Cozinheiro.

Bênção dos doces de São Benedito

No período da tarde, aconteceu a soleníssima procissão, com a participação de mais de uma centena de grupos folclóricos congadeiros e moçambiqueiros, oriundos de diversas regiões brasileiras, com acentuada predominância dos mineiros.

O cortejo solene foi aberto por viaturas das Polícias Militar de SP e Rodoviária Federal e Guarda Municipal.

Desde as imediações da Santa Casa, subindo ladeira, passando pela Matriz Basílica e descendo para próximo ao palco das celebrações, os fieis não se cansaram em demonstrar, por meio de danças, canticos, tocando seus instrumentos, orando e celebrando ao Santo Padroeiro, São Benedito.

As congadas e moçambiques, tradição entre famílias, conseguem levar participantes de todas as idades. Com isso, além da perseverança na Fé, a garantia de manutenção da cultura popular

A Festa de São Benedito, em Aparecida, é considerada a mais popular manifestação da Fé Católica no Estado de São Paulo. Consegue agregar, na Estância, milhares de pessoas, as quais ocupam o setor hoteleiro, gastronomico e demais serviços, muitas vezes – inclusive – ampliando a oferta de trabalho temporário para a mão de obra local, movimentando, desta forma, mais acentuadamente a economia da cidade.

Há, predominantemente, o hábito de romarias fazerem reservas para o próximo ano, imediatamente após o fechamento de contas nos hotéis nos quais se hospedaram. Com isso, os estabelecimentos têm buscado, constantemente, ampliar sua capacidade de atendimento, o que possibilita projeções de, nos próximos anos, Aparecida receber mais visitantes para a Festa de São Benedito e, naturalmente, ampliando a divulgação dos atrativos religiosos da cidade.

(Texto e fotos: Marcos Ivan, Direção: Edna Maischberger, Canal39)

GALERIAS DE FOTOS:

MISSA SOLENE

DOCES

PROCISSÃO

Continue Lendo

SR-GUARÁ

GALERIA DE FOTOS DA PROCISSÃO EM HOMENAGEM A SÃO BENEDITO – APARECIDA

Publicado

em

Belíssima em todos os detalhes de coreografias populares, uma verdadeira festa de cores, presença de muitos jovens e crianças nos grupos de Congada ou Moçambique, a Procissão em homenagem a São Benedito foi emocionante.

 

Continue Lendo

Em Alta

Hospedado por ServerPro