Conecte-se agora
acesse MOTIVOS

SERVIÇOS

POLÍTICA: Joyce Ribeiro (TV Aparecida) conversa com os dois candidatos a presidente

Publicado

em

(Foto: Ícaro Malta - Divulgação TV Aparecida)

O departamento de jornalismo da TV Aparecida produziu entrevistas com os dois candidatos que disputam a Presidência da República no segundo turno. Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL) foram sabatinados por Joyce Ribeiro, jornalista que comandou o debate com presidenciáveis, realizado pela emissora no dia 20 de setembro.

A entrevista com Haddad, gravada em São Paulo, vai ao ar na próxima quarta-feira (24), às 20h. A de Bolsonaro, feita no Rio de Janeiro, será exibida na quinta-feira (25), às 20h. Ambas  serão transmitidas, simultaneamente, pelos veículos da Rede Aparecida de Comunicação:  TV Aparecida, Rádio Aparecida, A Rádio POP e Portal A12.com.

Os principais temas abordados com os candidatos durante as entrevistas, de 27 minutos cada, foram os planos de governo e projetos para o País. Também estão em pauta temas de interesse da população como saúde, segurança e combate à corrupção.

Segundo André Costa, editor-chefe de Jornalismo da Rede Aparecida, as entrevistas têm como objetivo gerar no eleitor maior conhecimento dos planos de governo dos candidatos.

“Com as duas entrevistas realizadas com os candidatos à Presidência da República, a Rede Aparecida conclui o projeto Eleições 2018, que teve o objetivo de formar e preparar o eleitor para a sua escolha no pleito. Nessas entrevistas foram abordados os planos de governo de cada um dos candidatos para que os eleitores conheçam suas propostas.”

Entrevistas:

Dia 24/10 – às 20h – Fernando Haddad
Dia 25/10 – às 20h – Jair Bolsonaro

Fonte: A12.com

Jornalista, Publicitário, Bacharel em Comunicação Social pela Universidade de Taubaté. Radialista com passagens pelas emissoras Globo e Capital 1040-AM de São Paulo, TV Setorial (Pindamonhangaba), Rede Difusora de Rádio, Rede Bandeirantes de Rádio. Escritor, autor de "Mergulho, uma proposta de ajuda" (Editora Ave Maria-SP) Produtor artístico, coordenador de eventos. Diretor proprietário da empresa Marcos Ivan de Carvalho ME Diretor do site www.canal39.com.br e da web radio www.radiocanal39.online

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SERVIÇOS

GESTÃO PÚBLICA: Prefeito de Caraguá reclama e governador manda tapar buracos na SP-55

Publicado

em

(Foto: Cláudio Gomes/PMC)

Após cobrança de Aguilar Junior, Estado inicia Operação Tapa-Buracos na SP-55

Após a cobrança feita pelo prefeito de Caraguatatuba, Aguilar Junior, ao Governo do Estado de São Paulo, o DER (Departamento de Estradas e Rodagem) iniciou hoje intervenções emergenciais na Rodovia SP-55, no trecho que compreende os quilômetros 102,3 e 112,6 (do trevo do supermercado Silva Indaiá até a divisa com o município de São Sebastião).

Na semana passada, Aguilar Junior entregou ao governador de São Paulo, Márcio França, um ofício cobrando ações e um relatório fotográfico minucioso mostrando as condições da rodovia e o risco iminente de acidentes.

Segundo a Secretaria de Transportes e Logística, a intervenção prevê a conservação e manutenção da pista, Operação Tapa-Buracos, bem como limpeza e roçada. Outros trechos serão beneficiados pelo contrato, como as Regiões Norte de Caraguatatuba e São Sebastião.

O prefeito de Caraguatatuba, Aguilar Junior, ressaltou ser importante a resposta rápida por parte do Estado. “Inicialmente farão uma Operação Tapa-Buracos, mas já solicitamos todo o recapeamento da rodovia que sofre constantes avarias pelo excesso de veículos, principalmente caminhões”.

De acordo com o contrato, estão previstos investimentos na ordem de R$ 1 milhão para ações no trecho que corta as cidades de Caraguatatuba e São Sebastião.

“O contrato abrange toda a região, por isso não há um valor de investimento especifico para trechos da rodovia, mas sim para toda a área da residência de conservação. Todas as rodovias do DER contam com este contrato de manutenção para que a boa trafegabilidade da malha viária seja mantida”, cita o Estado em nota.

A intervenção no Trecho Sul de Caraguatatuba da Rodovia SP-55 deve durar cerca de 15 dias, dependendo das condições climáticas.

(Comunicação PMC)

 

Continue Lendo

SERVIÇOS

DEBATE DE APARECIDA É HOJE: 7 presidenciáveis confirmam presença

Publicado

em

Jornalista Joyce Ribeiro conduz o debate (Reprodução)

Toda a Rede Aparecida de Comunicação está mobilizada para a transmissão, nesta quinta-feira, às 21h30, do Debate de Aparecida, com candidatos à Presidência da República. Promovido pela CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), organizado e gerado pela TV Aparecida, o encontro tem como mediadora a jornalista Joyce Ribeiro.
O debate com presidenciáveis, que dará ao eleitor mais uma oportunidade de conhecer melhor as ideias dos candidatos, será realizado no Santuário Nacional, na arena do Centro de Eventos Padre Vítor Coelho de Almeida, em Aparecida (SP). A transmissão será feita pelas emissoras católicas de TV e Rádio, além de portais de internet, que englobam: TV Aparecida, Rádio Aparecida, Rádio POP FM, Portal A12.com, Youtube.com/tvaparecida e o aplicativo da Rede Aparecida.
Representantes dos partidos confirmaram as presenças dos seguintes candidatos: Henrique Meirelles, Marina Silva, Guilherme Boulos, Ciro Gomes, Geraldo Alckmin, Álvaro Dias, Fernando Haddad. O candidato Cabo Daciolo não vai participar por estar em oração e Jair Bolsonaro está hospitalizado.
A interatividade do telespectador com o Debate de Aparecida terá ainda um forte reforço nas redes sociais. Via portal A12, responsável pelas páginas do Santuário Nacional e dos veículos da Rede Aparecida de Comunicação, o Twitter fará parceria para monitoramento – em tempo real – da hashtag oficial do debate: #DebateAparecida. Na parceria com o Twitter, a hashtag ficará fixa na tela da TV Aparecida durante todo o Debate, com o contador do número de menções. O público ainda poderá interagir durante a transmissão, via Periscope, com o perfil @tvaparecida.
É a segunda vez que a TV Aparecida, a pedido da CNBB, organiza e transmite um debate de presidenciáveis. A primeira ocorreu no pleito eleitoral de 2014, quando os políticos tiveram a possibilidade de apresentarem suas ideias aos eleitores.
O padre Evaldo César, Superintendente da Fundação Nossa Senhora Aparecida, avalia a importância do debate da CNBB: “Estamos profundamente felizes em colocar a estrutura da Rede Aparecida de Comunicação a serviço da CNBB. Desde o começo, quando recebemos essa incumbência, pensamos em fazer o melhor para que nosso povo, especialmente os homens e mulheres de fé, possam ter mais uma possibilidade de avaliar as propostas políticas dos presidenciáveis”. 

Formato
O debate eleitoral tem previsão de duração de 2 horas. Algumas perguntas apresentadas aos políticos serão sorteadas, outras feitas por bispos da CNBB e jornalistas previamente inscritos. Também estão previstas perguntas entre os próprios candidatos. Réplicas e tréplicas serão permitidas em alguns momentos.
São cinco blocos. No primeiro, o mediador fará a abertura, citando as emissoras que estão transmitindo. Em seguida, dará os nomes dos candidatos que estão presentes e os que não compareceram ao encontro. Na sequência, o GC (Gerador de Caracteres) cita os nomes dos outros candidatos sem representação na Câmara dos Deputados e que não participarão do debate. A primeira pergunta – destinada a todos os candidatos, que terão 2 minutos – será feita por um (arce)bispo designado pela presidência da CNBB.
No segundo bloco será aberta a possibilidade de confronto direto entre os candidatos, com tema livre. O mediador vai sortear o candidato que irá perguntar e o que responderá. A pergunta deverá ser feita em até 30 segundos, com resposta em 2 minutos, réplica em 1 minuto e meio e tréplica em 1 minuto.
No terceiro bloco, as perguntas serão feitas por jornalistas indicados pela direção da Rede Aparecida de Comunicação. Os temas serão definidos previamente e as perguntas pré-definidas pela organização do debate. Será feito um sorteio na hora para definir qual candidato irá responder, no tempo máximo de dois minutos.
No quarto bloco, será aberta a possibilidade de confronto direto entre os candidatos, com tema livre. O mediador fará o sorteio do candidato que irá perguntar e de outro para responder. A pergunta deverá ser feita em até 30 segundos, com resposta em dois minutos, réplica em 1 minuto 30 segundos e tréplica em 1 minuto.
No quinto e último bloco as perguntas, com tema livre, serão feitas por bispos indicados pela CNBB, sendo um bispo para cada candidato. O mediador vai sortear na hora o candidato que irá responder. A pergunta será feita em até 30 segundos e as respostas em 2 minutos. Neste bloco também serão feitas as considerações finais de cada candidato, sendo que cada um terá 1 minuto.

(Fonte: A2imprensa)

Continue Lendo

SERVIÇOS

IMPORTANTE: Celular Legal começa a ser implementado em 10 estados neste domingo

Publicado

em

(Ilustração: Divulgação Anatel)

A partir do próximo domingo (23.09), o projeto “Celular Legal “ começa a ser implantado em 10 estados do país. Ele tem por objetivo fortalecer o combate a celulares adulterados, roubados e extraviados e inibir o uso de aparelhos não certificados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).
Os usuários das regiões Centro-Oeste (MS e MT); Sul (RS,SC e PR); Norte (AC,RO e TO); e Sudeste (ES e RJ), que estiverem utilizando aparelhos irregulares, vão começar a receber a partir deste domingo mensagens alertando sobre o problema. E o bloqueio de celulares será feito a partir do dia 8 de dezembro.
A implantação de um sistema informatizado – parceria entre prestadoras, fabricantes e a Anatel – identifica os celulares irregulares em uso na rede.
Todo aparelho celular em uso no país deve ser certificado ou ter sua certificação aceita pela Anatel. Aparelhos celulares certificados passaram por uma série de testes antes de chegarem às mãos do consumidor. O usuário deve sempre procurar o selo da Anatel no verso da bateria do celular e também no carregador.

Fases
O projeto “Celular Legal” foi divido em três fases. O projeto piloto (1ª fase) começou com o envio e mensagens em 22 de fevereiro de 2018 para os usuários do estado de Goiás e do Distrito Federal, e o bloqueio  começou a  realizado a partir do dia 09 de maio.
Até julho deste ano, foram bloqueados por irregularidades 41.827 acessos de telefonia móvel/internet móvel em Goiás e no Distrito Federal, o que representou 0,3% do total de 12.587.694 de acessos em funcionamento, sendo 5.308.975 no DF e 7.278.719 em GO.

A segunda fase está iniciando agora.
E a partir de 7 de janeiro de 2019, começa a 3ª e última fase nos estados das regiões Nordeste (BA, SE, AL, PE, PB,  RN, CE, PI e MA); dos demais estados do Norte (PA, Pará, Amazonas, Amapá e Roraima) e do Sudeste (MG e SP). O projeto prossegue até 24 de março do próximo ano, quando os aparelhos irregulares serão desligados da rede.
Consumidores que estejam utilizando aparelhos irregulares antes dessas datas não serão desconectados caso não alterem o seu número.

Já aqueles que conectarem às redes de telecomunicações aparelhos irregulares após essas datas serão notificados por mensagens SMS e, após 75 dias, o aparelho não irá mais funcionar nas redes de telecomunicações.
Para o consumidor que possui aparelho certificado ou com certificação aceita pela Anatel, que não tenha sido adulterado e sem impedimento por roubo, furto ou extravio, nada muda com o Projeto Celular Legal!

Mensagens
Todas as mensagens serão enviadas pelo número 2828. As primeiras três mensagens apresentarão o seguinte conteúdo:

“Operadora avisa: Pela Lei 9.472 este celular está irregular e não funcionará nas redes celulares em XX dias. Acesse www.anatel.gov.br/celularlegal ou ligue *XXXX”

A última mensagem, na véspera do bloqueio, apresentará o seguinte conteúdo:

“Operadora avisa: Este celular IMEI XXXXX é irregular e deixará de funcionar nas redes celulares. Acesse www.anatel.gov.br/celularlegal ou ligue *XXXX”

(Fonte: Assessoria de Imprensa ANATEL / Ilustração: Divulgação)

Continue Lendo

Em Alta

Hospedado por ServerPro