Conecte-se agora
acesse distrito

PINDA

PINDA: Telão no Parque da Cidade e Oficinas nos Bairros

Publicado

em

(arte: Marcos Ivan, Canal39)

A Copa do Mundo está entrando nas quartas-de-final e, nesta sexta-feira (6), a seleção brasileira enfrenta a Bélgica em uma partida que promete muitas emoções.

A torcida do Brasil terá um reforço, com a transmissão do jogo no Parque da Cidade, a partir das 15 horas.

Um telão de 2 x 3 metros será instalado na área da festa da cidade para que a torcida possa unir forças e levar boas vibrações para o time do Brasil.

Além do telão, o evento contará com foodtrucks, praça de alimentação com as entidades assistenciais da cidade e vendedores ambulantes, garantindo o abastecimento de petiscos e bebidas. Por isso, será proibida a entrada no Parque com quaisquer tipos de bebidas nem fogos de artifício.

Ao final da festa, às 18h30, acontece no local a abertura oficial da 24ª Exposição de Orquídeas e, às 19 horas, o show de abertura da festa dos 313 anos de Pindamonhangaba, com Tadeu Alves e Banda, fechando a programação do dia com muita animação.

Para o coordenador de Eventos, Ricardo Flores, a instalação do telão na festa é uma novidade que veio para somar nas festividades de aniversário da cidade. “Tivemos uma festa muito bonita na Praça do Quartel, por conta da abertura da Copa, e esperamos contar novamente com a torcida canarinho para torcer para a seleção, juntos no Parque da Cidade, com as cores da seleção brasileira”, convidou Flores.

Além da transmissão do jogo do dia 6, se o Brasil se classificar o telão volta para o Parque da Cidade para transmitir a partida do dia 10 de julho. Independentemente das equipes, está confirmado o telão no Parque no dia 15 de julho, para a transmissão da final da Copa do Mundo, ao meio-dia.

Neste mesmo dia, haverá, a partir das 8 horas, a Corrida Pinda e, após o jogo, um carnaval fora de época com a banda Estrambelhados, acompanhada do Juca Teles e do bloco do Saci, no palco do Parque da Cidade.

Para todos os eventos de aniversário de Pinda, a entrada e o estacionamento no Parque da Cidade são gratuitos.

Projeto Viver Bem oferece mais de 1000 vagas em oficinas gratuitas nos bairros

Além dos centros comunitários, projeto ficará três meses no residencial Bem Viver. Abertura terá apresentações de dança e música e outras atrações, nesta quarta-feira, dia 4

A Prefeitura de Pindamonhangaba dá início, nesta quarta-feira (4), ao projeto “Viver Bem”, com oficinas gratuitas de artesanato simultaneamente em 30 centros comunitários da cidade.

Além dessas oficinas, o projeto estará no residencial Bem Viver nos próximos três meses, com uma programação diferenciada, em uma tenda montada ao lado da UBS.

No total, mais de 1000 pessoas serão beneficiadas inicialmente por este projeto, sendo mais de 400 no Bem Viver e 600 somando as vagas oferecidas nos centros comunitários.

O Viver Bem é uma realização da Prefeitura de Pindamonhangaba, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Departamento de Turismo, com parceria com o Fundo Social de Solidariedade.

Tenda no Bem Viver
O residencial Bem Viver, no Araretama, será o primeiro local a receber o projeto Viver Bem. As inscrições para as oficinas de artesanato, beleza e lazer serão realizadas nos dias 3 e 4 de julho, das 14h às 16h, na tenda ao lado da UBS.

A abertura oficial será realizada na quarta-feira (4), a partir das 19 horas, com apresentação de balé Projeto Student Dance, do Cidade Jardim, show musical, cidade mirim do Trânsito, verificação de pressão arterial e diabetes, atendimento da equipe do CRAS, atendimento da equipe de habitação com orientações sobre o Bem Viver, atividades de lazer com a equipe da Semelp. Todas as ações são gratuitas.

Centros comunitários

Paralelamente à realização no Bem Viver, recebem oficinas gratuitas de artesanato os seguintes centros comunitários: Vila Rica, Andrade, Alto do Cardoso, Goiabal, Bela Vista, Vila São Paulo, Cruz Pequena, Karina/Ramos, Vila Suíça, bairro das Campinas, Ipê 2, Oliveiras, Bonsucesso, Cidade Jardim, Araretama, Mombaça, São Judas, Ouro Verde, Feital e Jardim Morumbi, Santa Cecília, Ipê 1, Parque das Palmeiras, Campos Maia, Jardim Eloyna, Castolira, Pasin, grupo Terapia e Lazer, e Vale das Acácias.

(Departamento de Comunicação / Prefeitura de Pindamonhangaba)

Jornalista, Publicitário, Bacharel em Comunicação Social pela Universidade de Taubaté. Radialista com passagens pelas emissoras Globo e Capital 1040-AM de São Paulo, TV Setorial (Pindamonhangaba), Rede Difusora de Rádio, Rede Bandeirantes de Rádio. Escritor, autor de "Mergulho, uma proposta de ajuda" (Editora Ave Maria-SP) Produtor artístico, coordenador de eventos. Diretor proprietário da empresa Marcos Ivan de Carvalho ME Diretor do site www.canal39.com.br e da web radio www.radiocanal39.online

PINDA

ZOONOSES: Pinda vai receber castramóvel por meio de emenda parlamentar

Publicado

em

Ricardo Izar, segundo da esquerda para a direita; prefeito Isael Domingues e representantes dos protetores dos animais.

Cidade recebeu emenda parlamentar para a compra de um castramóvel para complementar o atendimento.

Pindamonhangaba está iniciando o atendimento de castração de cães e gatos do município. O serviço gratuito irá atender, preferencialmente, animais de famílias atendidas por projetos sociais.

Inicialmente, será implantado o projeto de castração itinerante nos bairros, daqui a aproximadamente 60 dias, com recursos próprios. Serão atendidos 1400 animais, e a licitação para a contratação da empresa já foi finalizada.

O próximo passo será a aquisição, por parte da Prefeitura, de seu próprio Castramóvel.

Na terça-feira (17), o prefeito Isael Domingues recebeu, em seu gabinete, representantes de protetores de animais do município e o deputado federal Ricardo Izar.

A cidade foi contemplada com emenda parlamentar de R$120 mil para a compra de um castramóvel e também está prevista uma emenda de R$120 mil para a compra de insumos a serem usados neste serviço.

Nesta próxima etapa com o Castramóvel, a Prefeitura vai licitar uma empresa credenciada pelo CRMV – Conselho Regional de Medicina Veterinária, que fabrique um veículo adaptado para os atendimentos veterinários.

A implantação deste serviço móvel está prevista para 2019, pois, além dos trâmites burocráticos, o projeto depende da aprovação do CRMV.

(Deptº de Comunicação Prefeitura de Pindamonhangaba / Foto: Divulgação)

Continue Lendo

PINDA

PINDA: Licitação e prevenção em destaque

Publicado

em

(Foto: Divulgação)

Pinda inicia campanha contra hepatite   

Com a comemoração do Dia Mundial contra as hepatites virais no dia 28 de julho, Pindamonhangaba iniciará no dia 16 até 31 de julho a campanha “Julho Amarelo” que visa fomentar a conscientização sobre a importância da prevenção, do diagnóstico e tratamento das hepatites.

“Por se tratar de uma doença ‘silenciosa’, a Hepatite C é a que mais chama atenção, pois ainda não há disponibilidade de vacina, porém há tratamento. Diferentemente das Hepatites A, B, D que já dispõem de cobertura vacinal na rede SUS e Privada de Imunização”, comenta o diretor da Vigilância Epidemiológica da Prefeitura, Rafael Lamana.

A transmissão das hepatites pode ser por transfusão de sangue, relação sexual, ausência de higiene ou utilização de objetos contaminados como: agulhas, piercing, confecção de tatuagem, barbearias ou até mesmo por alicate de unha. Por esta razão, se deve ter atenção na prevenção das hepatites, pois quando não tratadas de forma adequada, podem ocasionar óbito por cirrose e câncer no fígado.

Com intuito no diagnóstico, o município de Pindamonhangaba irá intensificar a testagem para hepatite C, com foco na população acima de 40 anos, e para toda a população que desejar.

“A justificativa no foco acima de 40 anos se dá devido que somente após a década de 1990 se iniciaram os testes de diagnóstico desta doença, assim, podemos aferir a saúde dos pacientes que por alguma razão tiveram contato com a doença e até a presente data é desconhecida”, explicou Lamana.

Os testes estarão disponíveis para a realização em 10 unidades de saúde: Jardim Eloyna, Cidade Nova, Triângulo, Goiabal, Campinas, Maricá, Cidade Jardim, Arco Íris, Araretama III e CEM, das 8 às 11h30 e das 13 horas às 16 horas. O “Dia D” será sábado, 28 de julho, das 13 às 19 horas, no Shopping Pátio Pinda.

Parque da Cidade abre concorrência pública para receber restaurante  

Em breve, o Parque da Cidade terá um restaurante ou lanchonete, para maior conforto dos seus frequentadores. A instalação será no imóvel de 300m² próximo ao portal de entrada e a licitação já está aberta, no site da Prefeitura. Os interessados terão dez anos para explorar o espaço, com possibilidade de prorrogação de mais dez anos.

Para participar da licitação, o interessado deve entrar no site da Prefeitura (www.pindamonhangaba.sp.gov.br), clicar em Licitações / Chamamento, depois em Consulta Licitações, escolher a modalidade Concorrência, para ter acesso ao processo 17554, modalidade 3/2018 e baixar os anexos. A abertura dos envelopes será no dia 27 de julho, às 14h30, e as propostas deverão ser apresentadas no mesmo dia 27, a partir das 14 horas.

De acordo com os termos do edital, até dois dias úteis antes da data fixada para a entrega das propostas, qualquer interessado poderá solicitar esclarecimentos sobre essa licitação pelo 3644-5600 ou e-mail licitacao@pindamonhangaba.sp.gov.br.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Habitação e Regularização Fundiária, Marcus Vinícius Faria Carvalho, que responde pelo Parque da Cidade, a ideia de criar um espaço para comercialização de alimentação no parque surgiu para melhor ainda mais a infraestrutura oferecida para os cerca de 30 mil visitantes/mês que o local recebe. Ele destacou que, a contar do dia 27 de julho, após todos os trâmites burocráticos necessários, a partir do ano que vem a instalação do restaurante e/ou lanchonete já poderá ser concretizada.

Continue Lendo

PINDA

PINDA 313 ANOS: Prefeitura inaugura primeira fase da Praça 7 de Setembro

Publicado

em

Descerramento da placa (Foto: Marcos Ivan, Canal39)

As comemorações pelos 313 anos de emancipação político-administrativa de Pindamonhangaba tiveram sequencia, na manhã do sábado, 14, com a inauguração da primeira etapa das obras de reurbanização do espaço contido ao lado da via férrea administrada pela MRS.

No local, anteriormente, havia um terreno sem utilização adequada, após a desativação do armazém da antiga Estrada de Ferro Central do Brasil. Durante muitos anos, quando do funcionamento normal da EFCB, o terreno era o pátio de acesso para carga e descarga de materiais diversos transportados em trens e que precisavam ser recolhidos ou distribuídos, por veículos automotores, em vários pontos da cidade e, ainda, como espaço da oficina ferroviária.

Nesse tempo, após o expediente normal, um grupo de garotos e adolescentes participava de verdadeiros “rachas” de futebol, com a supervisão de um dedicado funcionário da ferrovia e que era treinador de um dos times de futebol da cidade.

Mais recentemente, o espaço era ocupado por estacionamento irregular e outras atividades não regulamentadas e até mesmo servindo como moradia de algumas pessoas.

Uma praça, totalmente com piso de elementos intertravados, estacionamento demarcado e plantio de árvores, bancos, equipamentos para coleta de lixo e iluminação teve sua construção estudada pelo setor de Planejamento da Prefeitura de Pinda, sem onerar os cofres públicos, haja vista ser uma obra realizada por conta de tratativas fundamentadas em Decreto que autoriza a doação, por empresas privadas. Jardinagem e pavimentação do espaço para recuo de ônibus foram os únicos investimentos feitos pela Administração. A substituição de muros por grades de ferro foi conseguida por meio de parceria entre Prefeitura e MRS.

Secretária de Infraestrutura e Planejamento, arquiteta Marcela Franco (Foto: Marcos Ivan, Canal39)

No ato da inauguração dessa primeira etapa de obras, a secretária de Infraestrutura e Planejamento, arquiteta Marcela Franco explicou como aconteceram os trabalhos para alcançar os objetivos desejados.

Abrindo sua fala referindo o dom dos arquitetos e urbanistas em realizar sonhos, Marcela demonstrou sua alegria e satisfação em desenvolver o projeto de reurbanização desse importante espaço da cidade.

Fundamentando-se no desejo do prefeito em tornar a cidade mais organizada e acolhedora, a equipe do Planejamento deu inicio às ações para definir “um novo traçado urbano, requalificando esse espaço público e oferecendo sempre o melhor espaço para a transformação não só da cidade, como também a transformação de vidas”.

A arquiteta declarou seus agradecimentos a toda sua equipe e reafirmou propósito de continuarem atuando em prol da melhor qualidade de vida. Citou parcerias e anunciou alguns detalhes da segunda fase das obras, compartilhando os bons resultados dessa primeira etapa com todos os departamentos da Administração Municipal.

Seguiu-se a fala do presidente da Edilidade local, Carlos Magrão, o qual apresentou seus cumprimentos pelo trabalho realizado.

Prefeito Isael Domingues (Foto: Edna Maischberger, Canal39)

O prefeito Isael Domingues, citando a escritora brasileira Cora Coralina, destacou a necessidade de todas as ações terem sentido a partir do momento em que toquem os corações. “Se nós resistirmos aos duros golpes da vida, poderemos viver tranquilamente com o suave toque do amor”, disse Domingues, referindo o foco de respeito e humanização e repeito ao próximo, determinado para sua gestão.

“Isso aqui, que vocês estão vendo, é uma tendência de nossa administração, no sentido de acolher ao idoso, para ele poder caminhar livremente; ao portador de deficiência física e todas as pessoas que tenham necessidades especiais, para que possam ter um espaço totalmente urbanizado”, disse o prefeito, justificando a citação à poeta Cora Coralina, apesar de se estar inaugurando o espaço com muito concreto, estruturas metálicas e piso intertravado.

Segundo Domingues o estilo escolhido, para a praça entregue durante a solenidade, identifica a tendência desejada para o município, sob diversos pontos de vista, tais como acolhimento, estrutura e muito trabalho racional, com investimento mínimo dos cofres públicos, por conta das parcerias legalmente consagradas. “Não foi ninguém que bateu em nossa porta e fez oferta de doação de alguma coisa. A Prefeitura se mobilizou no sentido de buscar parceiros para que isso fosse uma realidade. Um trabalho racional para isso acontecer. É importante dizermos que prezamos muito pela forma. Isso aqui também é saúde, gente! Dando um formato bonito, com harmonia do paisagismo, isso é saúde”, frisou.

Anunciou, o prefeito, a futura instalação de uma farmácia solidária na antiga residência que era destinada ao gestor local da EFCB. “Ela está ali, logo vai nascer, é só questão de tempo”, disse Isael, citando, ainda o prédio ao lado da praça, tombado pelo CONDEPHAAT e informando que já há uma verba no valor de R$ 1 milhão para restauração do local, o qual deverá abrigar ações culturais e uma central de informações turísticas, para entretenimento e incentivo à economia criativa, como o artesanato já em amplo desenvolvimento na cidade, e gastronomia.

(Foto: Edna Maischberger, Canal39)

Encerrando sua fala, o chefe do Executivo pediu a ajuda dos cidadãos para conseguir os objetivos de sua gestão. “Quero que a população fique tranquila, calma… Estamos olhando para tudo; não conseguimos chegar em todos os lugares ao mesmo tempo, em todas as necessidades ao mesmo tempo, mas nós vamos chegar sim… Peço a ajuda de vocês, que vocês acreditem. Só isso: acreditem que temos o coração aberto para tocar o coração de vocês. As necessidades humanas são infinitas, o dinheiro público é finito. Então temos que ter muita cautela para usá-lo na medida certa, que nós conseguimos avançar”, disse visivelmente emocionado o prefeito, fechando sua fala com a garantia de entregar, ainda em 2018, um Pronto Socorro nos moldes mais modernos de administração e humanização, dentre outras inaugurações previstas.

Presidente da Câmara de Vereadores, Carlos Magrão; Prefeito Isael Domingues; Primeira-dama e Presidente do Fundo Social de Solidariedade, Cláudia Domingues; Secretária Marcela Franco (Foto: Marcos Ivan, Canal39)

A segunda fase de obras na Praça Sete de Setembro, entregue oficialmente no sábado, contemplará a construção de uma concha acústica, fonte luminosa e bancos, dentre outros detalhes.

Abrilhataram o evento: Corporação Musical Euterpe, com execução dos hinos Nacional e de Pindamonhangaba, além de outras peças de seu repertório; Camerata Jovem do Projeto Jataí, de Moreira César; equipe de Ginástica Rítmica da Secretaria de Esportes e Lazer; Grupo Abadá Capoeira; Grupo Escoteiro Itapeva e Grupo de Street Dance.

O cerimonial registrou as seguintes presenças, além das já citadas: vereadores Jorge da Farmácia e Professor Osvaldo; 3º sargento Adriano Araújo, representando o comandante da 12ª Companhia de Engenharia de Combate Leve, major Dan Milli; Tiago Silva, presidente do PSC de Pindamonhangaba, representando o secretário estadual de Desenvolvimento Social, Gilberto Nascimento Jr; Maura Prado Vieira, presidente do Conselho Municipal de Educação; secretários municipais: Fabrício Augusto Pereira (Administração), José Sodário Viana (Proteção e Bem Estar do Cidadão), Valéria dos Santos (Saúde e Assistência Social), Ewerton Chinachi (Esportes e Lazer), Marcelo Martuscelli (Desenvolvimento Econômico), Marcos Vinícius Faria Carvalho (Habitação, Meio Ambiente e Regularização Fundiária), Josué Bondioli (Serviços Públicos) e Ricardo Piorino (vice-prefeito e titular da pasta de Gestão e Articulação Política).

Notas da Redação:

Dois lados:

1 – Do time dos pessimistas ou eternos insatisfeitos:

“Só colocaram dois bancos, vê se pode”, ouvimos de passagem, esse comentário feito por um conhecido descontente com tudo o que acontece na cidade.

2 – “Ficou um brinco! Agora tenho onde passear e até fazer meu crochê, todos os dias, junto com meus netos e sobrinhos”, disse uma senhorinha dos seus 65 anos de idade, provavelmente moradora nas proximidades.

O fato é que, com a inauguração da nova praça, a 7 de Setembro, Pindamonhangaba começa a ter jeito novo, cara nova.

Com a criação de recuos para ônibus, o trânsito melhora naquele trecho da rua 7 de Setembro, principalmente nos horários de pico.  (Foto: Edna Maischberger, Canal39)

Por outro lado, a valorização do metro quadrado de imóveis próximos é praticamente incontestável.

O local passa a ser, naturalmente, atrativo turístico e cultural, pela sua própria vocação de reunir famílias e oferecer lazer e diversão bem organizados e programados. (Foto: Marcos Ivan, Canal39)

Importa, desde já, a população assumir a praça como aparelhamento para seu merecido uso, zelando pela sua preservação.

Texto: Marcos Ivan 

Fotos: Edna Maischberger /Marcos Ivan, Canal39

GALERIA DE FOTOS:

 

Continue Lendo

Em Alta

Hospedado por ServerPro