Conecte-se agora
Acesse contato

CULTURA

De pulinho em pulinho “Cantiga do Sapo” passa das 60 mil visualizações

Publicado

em

Nossa proposta, enquanto cidadãos e gestores do Canal39, foi, desde o início, contribuir para a melhor qualidade de vida. Dentro de nossas possibilidades, assim o fazemos sempre.

Há algum tempo surgiu, coordenado pelo Departamento de Cultura de Pindamonhangaba, um projeto desenvolvido pela Baú Arte Cultura, dos produtores culturais Bebel Moraes e João Junqueira, casal de focalizadores das Danças Circulares no Bosque.

“Roda Aberta de Danças Circulares” aconteceu no Bosque da Princesa, com a participação de populares já envolvidos com a Dança Circular e outros passantes, os quais se motivavam, pelo menos uma vez, a praticar esse agradável exercício de dançar com as mãos dadas. Um evento até então inédito na Região, por ser uma Roda Aberta de Danças Circulares. Era só chegar e começar a dançar.

A vantagem da Dança Circular é que, além de aproximar as pessoas por meio do toque das mãos e das palavras, todos se sentem melhores do que antes da dança. Outra vantagem: não existe erro. Os passos diferentes acontecem por conta de todos quererem acertar, para o conjunto ficar harmônico. No fim, tudo dá certo e todos se sentem bem.

Temos notícias de muitas pessoas terem se sentido emocional e fisicamente bem melhores pela prática desse exercício, em pleno contato com a Natureza, no Bosque de Pinda.

Com a captação de imagens e postagens, no You Tube, de vídeos contendo as danças coreografadas pelo casal Bebel e João ou por conhecidos coreógrafos como Cristiana Menezes e Guataçara Monteiro, durante muitos domingos lá estávamos, registrando e – também – vivenciando os benefícios da Dança Circular.

João Junqueira, com uma singela coreografia desenhada para a obra prima de Jackson do Pandeiro e Buco do Pandeiro, a “Cantiga do Sapo” (ou de Sapo,  como em alguns escritos) atraiu a atenção dos coreógrafos de diversas partes do planeta. Já recebemos emails de lugares como Ilhas Gregas, Ontário (Canadá), Lisboa e Cidade do Porto (Portugal), Medelín (México), dentre outros, indagando sobre a música, apreciando o trabalho coreográfico e a beleza do local onde aconteciam as rodas de Danças Circulares. Importante ressaltar que a citação autoral contida no vídeo (José Renato) fica devidamente corrigida nesta postagem e, também, em legenda adicional inserida no You Tube: Jackson do Pandeiro e Buco do Pandeiro.

Hoje, com muita satisfação, o Canal39 comemora a quebra da barreira dos 60 mil clics nessa postagem, por parte de muita gente, do mundo inteiro. Exatamente nesta data o You Tube nos relata 60.228 visualizações.

Parabéns a todos que souberam aproveitar a proposta pela melhor qualidade de vida do Projeto de Danças Circulares desenvolvido pela Baú Arte Cultura e com o apoio do Departamento de Cultura de Pindamonhangaba, pelo menos durante o tempo em que acompanhamos os eventos.

Marcos Ivan e Edna Maischberger – Mix Canal39: Site de notícias e Rádio Web

 

 

Jornalista, Publicitário, Bacharel em Comunicação Social pela Universidade de Taubaté. Radialista com passagens pelas emissoras Globo e Capital 1040-AM de São Paulo, TV Setorial (Pindamonhangaba), Rede Difusora de Rádio, Rede Bandeirantes de Rádio. Escritor, autor de "Mergulho, uma proposta de ajuda" (Editora Ave Maria-SP) Produtor artístico, coordenador de eventos. Diretor proprietário da empresa Marcos Ivan de Carvalho ME Diretor do site www.canal39.com.br e da web radio www.radiocanal39.online

CULTURA

CULTURA: Pinda tem agenda cheia em abril

Publicado

em

Veja a programação de eventos organizada pelo Departamento de Cultura de Pindamonhangaba, contemplando diversas atividades, para o mês de abril.

Continue Lendo

CULTURA

Romildo Campello assume Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo

Publicado

em

Nesta sexta-feira, 13 de abril, foi publicada no Diário Oficial do Estado a nomeação de Romildo Campello como novo secretário da Cultura do Estado de São Paulo.

Nascido em Pernambuco, Campello tem formação e especialização na área de tecnologia e inovação. Com ampla experiência na gestão pública, foi secretário do Verde e Meio Ambiente e também Ouvidor Geral de Mogi das Cruzes, oportunidade em que ganhou o Prêmio Mário Covas por inovação em Gestão Municipal. Foi presidente estadual da Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente (Anamma) e secretário-adjunto do Verde e Meio Ambiente da cidade de São Paulo. Também chefiou o gabinete da pasta estadual de turismo, foi secretário de Turismo do Estado de São Paulo e secretário-adjunto da Cultura do Estado de São Paulo, desde quando José Luiz Penna assumiu a Pasta, em abril de 2017.

“Darei continuidade às políticas iniciadas pelo secretário José Luiz Penna, com o lema ‘A Cultura precisa falar com todos’ e incentivar o diálogo a integração entre as diferentes formas de expressão cultural. Junto ao governador Márcio França, fortaleceremos programas já consagrados da Secretaria e trabalharemos a importância da inovação e descentralização da cultura, com ações de incentivo à economia criativa e o ProAC Municípios”, afirma o secretário.

Romildo Campello atua nas áreas de economia criativa, meio ambiente, turismo e cultura, abordando os temas como elementos transversais e essenciais para o desenvolvimento sustentável. Em suas redes sociais, aborda assuntos ligados à gestão pública, turismo, cultura e meio ambiente, com gravações semanais de vídeos sobre a agenda cultural do Estado, as possibilidades de integração entre cultura e turismo e sobre como uma cidade pode se tornar um Município de Interesse Turístico ou uma Estância Turística.

Clique para assistir ao vídeo publicado pelo secretário em sua página de rede social

 

FONTE: Site oficial da Secretaria de Cultura do Estado de SP 

Foto: Joca Duarte.

Continue Lendo

CULTURA

CULTURA: Fundação Cassiano Ricardo homenageia Seu Dito, mestre luthier

Publicado

em

Seu Dito, em seu ateliê (Foto: Divulgação FCCR-SJC)

A Fundação Cultural Cassiano Ricardo realiza de 4 a 30 de abril, na Casa de Cultura Tim Lopes, uma exposição em homenagem a Benedito Soares (Seu Dito), mineiro de 78 anos, autodidata e mestre na arte de fazer instrumentos musicais de corda (luteria). A mostra poderá ser visitada de segunda a sexta, das 8h às 22h, no horário de funcionamento da casa de cultura.

A exposição integra o Programa Memórias da Fundação Cultural e é composta por fotos, textos e objetos que retratam a vida e a arte do homenageado. Benedito Soares ainda ministra oficina de luteria na Casa de Cultura Tim Lopes e, em 2016, foi reconhecido pela instituição com o Prêmio Mestre Cultura Viva.

Perfil

‘Seu Dito’ aprendeu os segredos da luteria com o mestre Braz da Viola e se identificou tanto com o ofício que logo foi convidado a ensinar. Ainda pequeno estudou música e aprendeu a lidar com a madeira, o que contribuiu para ele ter facilidade em aprender a construir instrumentos. Hoje, é ele quem compartilha o seu saber, atividade que executa há mais de 20 anos.

O Programa Memórias da Fundação Cultural visa possibilitar o acesso às memórias afetivas e institucionais dos moradores de São José. A partir delas, torna-se possível compartilhar as histórias e os significados construídos nas vivências e no cotidiano.

Casa De Cultura Tim Lopes

Av. Ouro Fino, 2520 – Bosque dos Eucaliptos

(12) 3917-1612

Continue Lendo

Em Alta

Hospedado por ServerPro