Conecte-se agora
acesse hawaii

TURISMO

Caraguá: Operação Verão e rigor na fiscalização de ônibus e vans de turismo

Publicado

em

Evento em SP reuniu autoridades do Litoral e staff de João Dória (Foto: Marielle Fernandes/PMC)

Governo do Estado recebe demandas do prefeito Aguilar Junior e discute Operação Verão para o Carnaval

O prefeito de Caraguatatuba, Aguilar Junior, se reuniu na manhã desta segunda-feira (28/01) com o staff do governador de São Paulo, João Dória, para tratar da Operação Verão para o Carnaval.

Estavam presentes os secretários estaduais de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto, o diretor-presidente da Dersa, Milton Roberto Persoli, além dos prefeitos de São Sebastião, Felipe Augusto, de Ubatuba, Délcio Sato, de Bertioga, Caio Matheus, o secretário de Turismo de Ilhabela, Ricardo Fazzini, e do deputado estadual Antônio Carlos Junior.

No encontro, foram traçadas as estratégias de trânsito e travessia de balsa para o Carnaval e apoio aos municípios do Litoral Norte.

O prefeito Aguilar Junior aproveitou a oportunidade para solicitar algumas medidas durante os dias de Carnaval.

“Pedimos a paralisação das obras do trecho de Serra da Tamoios no período de quinta-feira antes do Carnaval até a quinta-feira pós Carnaval para dar mais agilidade ao trânsito. Além disso, solicitamos uma operação especial para a subida dos caminhões de lixo pela Serra e a utilização de cones na SP-55, no trecho da Massaguaçu, com o objetivo de liberar mais faixas para fluidez de veículos”, destaca o prefeito.

A Operação Verão da Polícia Militar vai até dia 8 de fevereiro e o prefeito Aguilar Junior solicitou que a presença dos policiais no Litoral Norte se estenda até a quarta-feira de Cinzas.

“A presença dos policiais em nossa cidade e região ajudam na sensação de segurança e na diminuição dos índices de criminalidade”, ressalta.

Outras demandas

O prefeito de Caraguatatuba aproveitou a oportunidade para entregar uma lista de reivindicações para intervenções que são de competência do Governo do Estado.

As principais demandas foram o recapeamento do trecho urbano da SP-55, a instalação da Unidade de Oncologia junto ao Hospital Regional e a liberação dos recursos na ordem de R$ 7 milhões oriundas do DADE (Departamento de Apoio e Desenvolvimento às Estâncias) e destinadas para obras de infraestrutura turísticas na cidade.

Os recursos seriam para as obras de revitalização da Praça Diógenes Ribeiro de Lima no Centro, da Praça do Artesanato da Martim de Sá, da trilha de acesso e farol do Morro da Prainha, além da reforma e ampliação do píer de pesca do Camaroeiro.

“Aproveitamos o momento e levamos todas as demandas de interesse do município e do Litoral Norte para que entrem na lista de prioridades do Governo do Estado”, destaca o prefeito Aguilar Junior.

Na lista de prioridades estavam ainda a retomada das obras dos Contornos Norte e Sul, o aumento no limite de velocidade no trecho de Planalto da Rodovia dos Tamoios e o licenciamento ambiental para as obras de enrocamento do Rio Juqueriquerê.

“As obras do Contorno são importantes para a questão viária, como também para a geração de emprego. Levamos também a demanda sobre o aumento de velocidade na Rodovia dos Tamoios e o reforço de policiais militares para nossa cidade. Por fim, precisamos da liberação do licenciamento ambiental para iniciar as obras do enrocamento do Rio Juqueriquerê para melhorar as condições de navegabilidade do rio e fomentar o turismo náutico”, destaca o prefeito.

Acompanharam o prefeito Aguilar Junior os secretários de Meio Ambiente de Caraguatatuba, Marcel Giorgeti, e Obras Públicas, Leandro Borella.

Prefeitura intensifica fiscalização sobre ônibus e vans de turistas

A Prefeitura de Caraguatatuba iniciou uma ação conjunta para fiscalização sobre os veículos de fretamento turístico de outros municípios na manhã de domingo, desde às 4 horas da manhã.

Participaram da ação a Secretaria de Mobilidade Urbana e Proteção ao Cidadão, a Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), a Empresa Metropolitana de Transporte Urbano (EMTU) e a Polícia Militar.

(Divulgação)

Foram abordados 32 veículos, sendo que uma das vans vistoriadas, do Mato Grosso do Sul, foi apreendida por estar fazendo transporte clandestino. Também foram lavradas autuações por descumprimento de normas estabelecidas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB): artigo 231 VIII, transitar efetuado transporte remunerado de pessoas quando não licenciado para esse fim e artigo 167, quando os passageiros não fazem uso do cinto de segurança.

Segundo os integrantes da ação, o número de veículos fretados durante o domingo foi abaixo do esperado. O Coordenador de Fiscalização de Transporte e Trânsito, Wagner Leandro da Silva, explica que a fiscalização intensiva inibe a quantidade de veículos fretados. “Nosso objetivo é fazer com que o turismo na cidade seja organizado e seguro pois nossa fiscalização está atenta às condições dos veículos e a segurança dos passageiros”.

Durante a semana

A fiscalização também é realizada durante os dias da semana e as ações contam com a participação da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (ARTESP) e da ANTT.

A Lei nº 2.456, que estabelece normas e disciplina a circulação e o estacionamento de veículos de fretamento turístico de outros municípios em Caraguatatuba entrou em vigor em dezembro de 2018, quando novas regras para o setor começaram a ser aplicadas.

A lei regulamenta entrada, circulação e estacionamento de ônibus, micro-ônibus ou van veículos de fretamento turístico destinados às excursões e eventos em Caraguatatuba, mediante a autorização expedida pela Secretaria de Mobilidade Urbana e Proteção ao Cidadão. Com a lei, 25 veículos por dia dedicados a essa atividade entrarão na cidade e ficarão estacionados em locais pré-estabelecidos.

Verificada a finalidade da viagem, os transportes serão catalogados da seguinte forma: turismo de um dia; destinados a estabelecimentos hoteleiros, campings, colônias de férias e similares, cujos atos de constituição e demais exigências de órgãos públicos estejam plenamente satisfeitas; excursões e eventos de natureza cultural, artística, religiosa, esportiva, de cunhos sociais e educacionais; destinados a entidades filantrópicas ou organizações não governamentais, destinadas única e exclusivamente ao assistencialismo; e direcionados às residências de aluguel por temporada.

Uma “senha” de autorização, expedida pela Secretaria de Mobilidade Urbana e Proteção ao Cidadão identificará os veículos de fretamento turístico, emitida após a comprovação do recolhimento de uma taxa, que varia de acordo com o número de assentos. A senha é obrigatória, seja para a utilização das áreas de estacionamentos privados ou para a hospedagem dos excursionistas em hotéis, pousadas, colônias de férias, casas de aluguel, campings ou congêneres.

A empresa ou responsável pelos veículos de turismo de um dia deve solicitar a senha com no mínimo de 10 dias úteis de antecedência, observando o limite diário das vagas de estacionamento.

O interessado solicitará a senha em um link específico no site oficial (CLIQUE AQUI), fornecendo informações e apresentando os respectivos documentos relacionados: nome, CPF e telefone de contato do responsável pela excursão; quantidade de passageiros; data de chegada e saída do município; cópia do documento Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) do veículo de fretamento; comprovação de regularidade da empresa e do veículo de fretamento perante os órgãos de transporte, que são: Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Agência de Transporte do Estado de São Paulo (ARTESP), Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU), conforme a área de atuação; nome e endereço completo do local de destino, tais como hotel, pousada, colônia de férias ou estabelecimento similar onde o grupo ficará hospedado ou do estacionamento público e/ou privado, nos casos de turismo de um dia; comprovação de registro no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos do Ministério do Turismo (Cadastur); e documento registrado e vigente na Empresa Brasileira de Turismo (EMBRATUR) do guia de turismo responsável, que deverá acompanhar o traslado desde o local de origem; além de outros dados solicitados pela Secretaria de Mobilidade Urbana e Proteção ao Cidadão, quando necessário.

Afixada internamente no parabrisa do veículo, no canto inferior do lado direito, a senha trará dados relacionados ao nome da empresa de fretamento; nome do responsável pela excursão e/ou fretamento; número e placas do veículo; nome e endereço do local de destino; período de permanência no município.

Os veículos podem se dirigir ao estacionamento público, localizado no bairro Porto Novo, região Sul ou podem ficar em estacionamentos privados, devidamente autorizados. No estacionamento público o limite de vagas para veículos de fretamento turístico não excederá 25.

Estacionamentos privados não podem receber veículos sem a prévia e expressa autorização da Secretaria e Mobilidade Urbana e Proteção ao Cidadão, sob pena de multa de mil VRM’s (Valor de Referência do Município).  O VRM é calculado com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e passará de R$ 3,35 (até 31 de dezembro) para R$ 3,48 em 2019.

A multa é de 500 VRM’s para quem transitar em vias e logradouros públicos diversos do autorizado; desembarcar passageiros fora do local definido na senha de autorização; e utilizar ou usufruir dos estacionamentos públicos ou privados,  divergente do mencionado por ocasião da solicitação da senha.

Para a empresa ou responsável que permanecer ou trafegar sem o devido pagamento da taxa de emissão da senha de autorização, exceto se, no segundo caso, estiver em trânsito para outra cidade, será aplicada uma multa equivalente a 2 mil VRM’s.

Em caso de apreensão, o veículo será encaminhado a um dos pátios credenciados pelo poder público municipal e somente será liberado mediante a comprovação do pagamento de todas as taxas e multas pertinentes a elas.

Valores

O preço da emissão da senha de autorização para os veículos de turismo de um dia e de mais de um dia destinados aos meios de hospedagem (hotéis, pousadas, colônia de férias, etc.) é de 8 VRM’s por assento.

Estão isentos da taxa: ônibus, micro-ônibus e vans que transportem delegações esportivas em competições oficiais; grupos e alunos de projetos sociais e educacionais; participantes de eventos realizados em conjunto com Prefeitura de Caraguatatuba; quando entendidos pela Secretaria de Mobilidade Urbana e Proteção ao Cidadão serem passíveis de isenção; com mais de um dia de duração com destinado a hotéis, pousadas, colônia de férias e similares, com estacionamento próprio.

Estacionamentos públicos e particulares passarão por vistoria de fiscais municipais que vão vistoriar a capacidade de acomodação e as senhas emitidas, entre outras coisas. Para estacionamentos particulares em descordo com a lei, será aplicada a multa de mil VRM’s, que poderá dobrar em caso de reincidência.

Os valores arrecadados com as receitas provenientes desta lei serão utilizados nas ações das Secretarias de Mobilidade Urbana e Proteção ao Cidadão; Turismo e Urbanismo, para investimento em sinalização turística e viária, vias e incremento da fiscalização do setor.

(Secretaria de Comunicação – Prefeitura de Caraguatatuba)

TURISMO

SHOW: Barracão Folia tem muito samba e grande público na SABAP

Publicado

em

Da esquerda para a direita, de cima para baixo: Grupo Barracão do Dunga; Batuke Geral; Wander Pires ladeado pelas duas passistas da Mocidade Independente de Padre Miguel (fotos: Edna Maischberger e Marcos Ivan, Canal39)

Realizado pelo sambista Dunga Cavaquinho e seu grupo de parceiros, que atuam no Projeto Barracão do Dunga, o Barracão Folia contou com bom número de frequentadores os quais foram contemplados com uma boa programação.

Na abertura, a moçada do Barracão do Dunga passeou pelo repertório dos grandes clássicos do samba, com direito a umas tiradas de pagode meio “das antigas”, que agradaram bastante a todos.

Da esquerda para a direita, de cima para baixo: prefeito Marcus Soliva e secretária de Cultura, Aline Damásio; representantes apresentando os pavilhões das Escolas de Samba; Dunga Cavaquinho; Pavilhões das Escolas de Samba que desfilam em 2019; Marcus Soliva falando durante o evento. (Fotos: Edna Maischberger e Marcos Ivan, Canal39)

A segunda atração foi o grupo Batuke Geral, que desfiou um mix de diversos ritmos, montando uma micareta. Sucessos de Jorge Benjor, alguma coisa mais atual do funk, com pitadas de axé, sucessos do Roupa Nova e uma pá de outros sons serviram para fazer a “sala de espera” para a principal atração da noite.

Da esquerda para a direita, de cima para baixo: Bateria Show; Wander Pires; Camila Silva, Rainha de Bateria da Mocidade; uma das passistas sambando na pista, com a cumplicidade de um expectador. (Fotos: Edna Maischberger e Marcos Ivan, Canal39)

Wander Pires, intérprete da Mocidade Independente de Padre Miguel trouxe, para fechar a noite, seu talento e sua musicalidade, acompanhado de uma bem ensaiada bateria, a qual justificou o título de Bateria Show.

A Rainha de Bateria da Mocidade Independente  também mostrou sua arte, ao lado de duas belas e desenvoltas passistas, sendo que as tres contemplaram ao público com um passeio pelo salão, atendendo a pedidos de fotos e dando oportunidade para que muitos ensaiassem um pouco de seu sonho de serem Mestre Sala ou passistas da Mocidade.

Ainda da esquerda para a direita, de cima para baixo: Batuke Geral; Bateria Show; Wander Pires e um de seus filhos; as duas passistas. (Fotos: Edna Maischberger e Marcos Ivan, Canal39)

O evento correu sem nenhuma alteração quanto à segurança, com muita animação.

O prefeito de Guaratinguetá, Marcus Soliva, assistiu a grande parte do show de demonstrou sua satisfação pelo sucesso do evento, saudando ao público pela participação e cumprimentando Dunga e seus colaboradores por manterem a tradição do samba no município.

Parte da arrecadação obtida foi destinada à APAE de Guaratinguetá.

O Barracão do Dunga é um projeto apoiado pela SABAP e conta com a parceria de empresas locais.

Galeria de fotos, com cliques de Edna Maischberger e Marcos Ivan.

 

Continue Lendo

TURISMO

TURISMO: Prefeitura de Guará divulga programação do Carnaval 2019 (vídeo e áudios)

Publicado

em

O prefeito Marcus Soliva, acompanhado do secretário de Turismo, Felício Murade, secretária de Cultura, Aline Damásio e do representante de OESG – Organização das Escolas de Samba de Guaratinguetá, apresentou, na manhã de segunda-feira, 18, toda a programação de eventos para a mais popular festa brasileira, que é o Carnaval.

Tudo começa já na quinta-feira que antecede o reinado de Momo, com a realização do ensaio técnico das cinco escolas de samba que participam do desfile oficial.

Marco Antônio Henrique, presidente da OESG; Felício Murade, secretário de Turismo; Aline Damásio, secretária de Cultura e prefeito Marcus Soliva, durante a coletiva (Foto: Edna Maischberger, Canal39)

A Avenida Carnaval (Presidente Vargas) terá uma bem montada estrutura com arquibancadas, camarotes e frisas, buscando atender ao público local e visitantes de toda a Região.

Após uma breve fala do prefeito, Murade discorreu sobre os detalhes da programação, a qual conterá os seguintes eventos:

Quinta-feira, 28 de fevereiro, 20h, AVENIDA CARNAVAL: Ensaio Técnico das escolas de samba

Sexta-feira, 01 de março, AVENIDA CARNAVAL:

20h – Grupo Proposta

22h – Circuito do Samba

00h – Banda Bala

Sábado, 02 de março, em frente à Câmara Municipal, na Avenida João Pessoa, no bairro Pedregulho: 17h – Concentração e partida da Banda Mole, com animação da Banda Santa Luzia, com destino à Avenida Carnaval.

Enquanto o cordão da Banda Mole percorre seu tradicional circuito, antes de se dirigir para a Avenida Carnaval, o público que optar comparecer direto à Avenida terá a oportunidade de ver as apresentações de duas atrações:

21h – Barracão do Dunga (que recepcionará a Banda Mole)

23h – Grupo X da Questão

Domingo, 03 de março, na Praça Conselheiro Rodrigues Alves:

das 10h às 13h – CARNACENTRO, na Praça Conselheiro, com a Banda Furiosa tocando as tradicionais marchinhas de todos os tempos. Folia para crianças de todas as idades

AVENIDA CARNAVAL:

16h – Desfile dos Blocos de Embalo

23h – Júnior Pérola, convidados e banda

Segunda-feira, 04 de março, na Praça Conselheiro Rodrigues Alves:

das 10h às 13h – CARNACENTRO, na Praça Conselheiro, com a Banda Furiosa tocando as tradicionais marchinhas de todos os tempos. Folia para crianças de todas as idades

17h, na Praça Homero Ottoni: Início do desfile do Bloco da Carroça, com destino à Praça da Estação, ponto final.

AVENIDA CARNAVAL:

22h – Maraca Soul

00h – André Moraes

Terça-feira, 05 de março, na Praça Conselheiro:

das 10h às 16h – CARNACENTRO, com a Banda Furiosa tocando as tradicionais marchinhas de todos os tempos e Festa Felizcidade de Carnaval. Folia para crianças de todas as idades

AVENIDA CARNAVAL: a partir das 20h: Desfile das Escolas de Samba, iniciando com um projeto Social de Guaratingetá, Projeto SANAC (Samba Não se Aprende no Colégio)

– Beira Rio da Nova Guará

– Bonecos Cobiçados

– Acadêmicos do Campo do Galvão

– Mocidade Alegre

– Unidos da Tamandaré

Cada escola terá 75 minutos para se apresentar

Em todos os dias, na Avenida Carnaval, durante os intervalos entre cada apresentação, a animação estará a cargo do DJ Átila.

Para os eventos da Praça Conselheiro e da Avenida Carnaval, de quinta-feira, 28 de fevereiro, a segunda-feira, 04 de março, não haverá cobrança de ingresso. Acesso livre.

INGRESSOS PARA O DESFILE DE TERÇA-FEIRA:

Inteira: R$ 25 Meia: R$ 12,50 ( Estudantes, Idosos com idade superior a 60 anos e pessoa com deficiência de locomoção

ONDE COMPRAR: Casa da Amizade, à Avenida Presidente Vargas, 969, Nova Guará

FORMA DE PAGAMENTO: Dinheiro ou cheque. Não há opção para pagamento com cartão.

CAMAROTES:

Serão 20 camarotes, cada um com capacidade para até 20 pessoas. Nestes locais serão permitido o acesso com alimentos e bebidas. Preço de cada unidade: R$ 4 mil;

A organização está finalizando estudos para definição do preço para o Camarote Bar, com capacidade para até 600 pessoas;

Frisas – Mesas na Concentração e Dispersão: R$ 300,00 para todos os dias, cada uma com capacidade para 4 pessoas.

Não será permitido, na Avenida, o acesso com alimentos e bebidas, exceto nos locais já referidos anteriormente.

Também não será permitido vender produtos em embalagens de vidro ou que representem risco às pessoas.

Haverá espaço destinado ao acolhimento de pessoas com deficiência e um acompanhante, devendo, os interessados, retirar os ingressos entre os dias 20 a 28 de fevereiro na Secretaria de Turismo.

Serão disponibilizados espaços fixos para a instalação de comerciantes interessados em fornecer alimentos e bebidas para o público. Esses comerciantes, devidamente credenciados, estarão submetidos a praticar uma tabela de preços estipulados pela organização com os seguintes valores:

Cerveja – até R$ 5

Refrigerante – até R$ 5

Água com ou sem gás: R$ 3

(Com possibilidade de se fazer promoção no valor, favorecendo os consumidores)

Ambulantes também serão credenciados e poderão conduzir um recipiente contendo bebidas ou alimentos.

DELIVERY COM TECNOLOGIA

Os fornecedores de alimentos e bebidas instalados em postos fixos poderão atender a pedidos dos populares que estiverem nos camarotes. Serão divulgados os números de Whatsapp de cada barraca e os entregadores, devidamente identificados, procederão à entrega, inclusive com a possibilidade de pagamento com cartão, desde que o comerciante utilize as maquininhas apropriadas.

CRITÉRIO PARA ESCOLHA DAS ATRAÇÕES

Segundo Felício Murade, secretário de Turismo, houve a preocupação de se dar oportunidade e valor aos artistas da cidade, com forte destaque para o samba mas, também, divulgando outros ritmos.

Ouça o que diz o secretário de Turismo, a respeito do critério adotado:

As atrações organizadas para a Praça Conselheiro estão sob coordenação da Secretaria de Cultura, dirigida por Aline Damásio, que também falou a respeito do Carnaval de Guaratinguetá:

SEGURANÇA

Há todo um estudo já definido de atuação da segurança, no ambiente da Avenida Carnaval, sob responsabilidade da Organização e com o apoio da Polícia Militar e Polícia Civil.

Toda a estrutura montada conta com avaliação técnica de profissionais capacitados e habilitados e deverá receber, para poder funcionar, o Alvará de Vistoria do Corpo de Bombeiros.

OESG

O presidente da OESG, Organização das Escolas de Samba de Guaratinguetá também falou para a reportagem do Canal39:

Continue Lendo

TURISMO

TURISMO: Lummertz foca abrir parques naturais e trata parcerias para alavancar o trade

Publicado

em

Em conversa na Secretaria de Meio Ambiente, cujo titular é Marcos Penido (Divulgação

O secretário de Turismo, Vinicius Lummertz, esteve hoje (14) com o secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido, tratando de possibilidades para abrir novas concessões em parques naturais do Estado.

O Parque Estadual Serra do Mar, responsável pelo programa Caminhos do Mar, entre as regiões metropolitanas de São Paulo e Santos, e o Parque Estadual Intervales, no Vale do Ribeira, são os que estão mais preparados para o lançamento de editais de concessão, na avaliação dos técnicos do Meio Ambiente.

O secretário Vinicius Lummertz destacou a importância de iniciativas como essas, em especial, com o potencial dos parques paulistas. “Abrir os parques para visitação é garantir sua preservação, bem como dar a possibilidade de gerar emprego e renda para as comunidades onde estão inseridas”.

LUMMERTZ BUSCA PARCERIAS PARA ALAVANCAR TURISMO PAULISTA

O secretário estadual de Turismo, Vinicius Lummertz, apresentou nesta quarta-feira (13) ao  presidente  da  Fecomércio SP (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo), Abram Szajman, uma série de propostas de ações que pretende desenvolver para que o estado paulista  avance  no setor. “Junto com a empresa Desenvolve SP, por exemplo, podemos viabilizar créditos para os municípios do estado com foco na ampliação da qualidade da atividade turística”, enfatizou o secretário.

Destacou ainda a redução da alíquota do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) que incide sobre o combustível de aviação em São Paulo, anunciada no início do mês pelo governo. A alíquota, que hoje é de 25%, cairá para 12% e vai baratear o custo operacional das empresas aéreas. Em contrapartida, em até 180 dias, o setor vai criar 70 novos voos e, representando 490 partidas adicionais por semana.

Educação foi outro tema analisado durante este encontro que contou também com a presença de Danilo Santos de Miranda, diretor regional do SESC (Serviço Social do Comércio no estado de São Paulo em São Paulo). “Já estivemos na Secretaria estadual de Educação para darmos início ao processo de inserção de matérias que contemplem o turismo para 1º e 2º Graus. Precisamos educar as crianças e jovens para que vejam o turismo como uma maneira de preservar a natureza, agregar progresso, gerar emprego e renda”, salientou Lummertz.

Neste mesmo raciocínio, acrescentou que a formação acadêmica é fundamental para o mercado de trabalho e o SENAI e o SENAC são grandes formadores de técnicos para a atividade turística. O titular do Turismo infirmou aos presentes que sua proposta é levar São Paulo para o mundo e este cenário passa também por uma mudança de comportamento. Nos territórios onde há parques ecológicos, por exemplo, os municípios devem trabalhar de forma regional, além de incentivar as pessoas a fazer parte do desenvolvimento econômico. “O maior parceiro do Turismo é o Meio Ambiente e o maior parceiro do Meio Ambiente é o Turismo de forma sustentável”, acrescentou.

Vinicius Lummertz, terceiro da esquerda para a direita, em conversa com representantes da Fecomércio. À sua direita, Abram Szajman (Divulgação)

Este encontro também contou com a presença de Algirdas Antônio Balsevicius, presidente do Sindicato do Comércio Atacadista de Gêneros Alimentícios do Estado de São Paulo e de um de seus diretores, Telmo Cortes.  Ouviram do secretário que o branding  (marca) será uma das principais ferramentas para o reposicionamento do turismo em São Paulo. “O objetivo é despertar sensações e criar conexões para o que o turista  escolha o estado como seu destino. O Estado paulista precisa de uma marca conceitual e imediata e investimentos maiores no digital”, concluiu. Na oportunidade, Szajman disse que se sentiu muito animado frente a tantas perspectivas  positivas referentes à atividade turística do estado de São Paulo.

(Fonte: Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo / Fotos: Divulgação Setursp)

Continue Lendo

Em Alta

Hospedado por ServerPro