TURISMO: PINDA PODE PERDER CLASSIFICAÇÃO COMO MIT

TURISMO: PINDA PODE PERDER CLASSIFICAÇÃO COMO MIT

Vereadora Gislene Cardoso, em pronunciamento na Câmara de Pinda (Foto: Reprodução YouTube)

A vereadora Gislene Cardoso (DEM), em pronunciamento durante a sessão ordinária da Câmara de Pindmonhangaba nesta segunda-feira, 22, demonstrou sua preocupação quanto à urgência de serem tomadas providências para que Pindamonhangaba seja inserida com sucesso no programa denominado MIT- Municípios de Interesse Turístico.

Recentemente, Santa Isabel e Guararema já receberam sinal verde para essa inserção em importante segmento de atividades, haja vista o Turismo ser a chamada “bola da vez”, gerando empregos diretos e indiretos. Guararema aguarda, apenas, a assinatura de Geraldo Alckmin.

Gislene Cardoso explicou sua preocupação e detalhou as razões de serem urgentes as providências.
“Nós precisamos fazer o dever de casa. A Secretaria de Turismo do Estado está aprovando 140 municípios para participarem como Municípios de Interesse Político e nós, Pindamonhangaba, vamos ficar de fora porque precisamos fazer um dever de casa”, alertou a parlamentar, informando que seis, dos sete chamados deveres de casa já foram cumpridos, restando o mais importante, que é o Plano Diretor de Turismo.

Cardoso destacou que 34 cidades já foram aprovadas. “Se nós aguardarmos para fazer esse Plano Diretor de Turismo somente em janeiro de 2018, já era... Porque hoje é a bola da vez! Na Assembleia Legislativa de São Paulo o assunto do dia é MIT, município de interesse turístico”, alertou.

A vereadora reforça que tem feito reinvidicações constantes e conta com o apoio dos demais colegas de edilidade. Referiu ter feito solicitação de suplementação orçamentária no valor de R$ 200 mil para existirem condições de elaborar o necessário Plano Diretor de Turismo.
“Vamos buscar parcerias, também, com universidades. A gente sabe que o valor é bem maior, mas nós iremos conseguir trabalhar junto com a Secretaria de Turismo; conto com o nosso Secretário de Desenvolvimento Econômico para podermos pleitear o enquadramento como MIT”, continuou.

Gislene ainda informou a possibilidade, com esse enquadramento, de Pindamonhangaba conseguir repasse de verba do DADE (DADETUR), Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos, de mais de R$ 600 mil por ano, aliviando o orçamento do município e possibilitando a fomentação do turismo na cidade e com reconhecimento nacional.

“Essa é uma luta minha, uma bandeira de anos. Por favor, prefeito, escute essa solicitação e tente nos atender. Eu acompanho seu trabalho e sei que o senhor também está empenhado em trabalhar com esse critério. Pindamonhangaba merece esse respeito”, finalizou a vereadora do DEM.

A reportagem do Canal39 tem mantido conversa com diversos representantes do trade turístico e todos reforçam a importância de um município receber a classificação de “Interesse Turístico”. Os profissionais de Turismo passam a focar seus trabalhos de elaboração de roteiros, pesquisa de atrativos e montagem de passeios, provocando o interesse dos clientes em conhecerem novos caminhos e roteiros.
(Redação: Marcos Ivan, MTb 36001 - Foto: Frame de vídeo do YouTube)



Olá, deixe seu comentário para TURISMO: PINDA PODE PERDER CLASSIFICAÇÃO COMO MIT

Enviando Comentário Fechar :/